Nho-Quim-espelho

Não, não vamos falar dos 145 anos do Mauricio de Souza.

Galera, amanhã, também conhecido como 30 de janeiro, será comemorado os 145 anos do primeiro quadrinho nacional. Trata-se de “As Aventuras de Nhô Quin“, publicado na Revista Fluminense, traço de Ângelo Agostini.

Haverá comemorações dessa data em vários lugares. Em pelados em Santos, por exemplo, haverá a Mostra HQ Caiçara, onde serão expostos trabalhos de desenhistas e roteiristas da região, alguns reconhecidos internacionalmente como Alexandre BAR, RB Silva e Fabio Coala.

A exposição será aberta no dia 30, às 19h, na Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes (Av. da Praia, no Posto 5, em frente à Rua Oswaldo Cruz, no bairro Boqueirão).

Em São Gonçalo (terra de Emerson Lopes) haverá uma programação especial no Centro Cultural Joaquim Lavoura (Lavourão) no bairro Estrela do Norte. O evento terá palestras, exposições e projeções de filmes.

Em Olinda (PE) o evento ocorrerá no sábado, 01 de fevereiro, na FOCCA (Faculdade de Olinda),  Rua do Bonfim 37. Lá teremos palestras e lançamentos, e pra quem for de outros estados vai ter um hangout via Google Plus que será transmitido ao vivo via Youtube. Pra quem quiser mais informações pode pegar via ‘Fêice’ no endereço https://www.facebook.com/events/778653052163162/

dia-hqb-2014

E é isso, galera, deve ter mais eventos rolando Brasilsão afora, procure se informar se vai ter algo legal rolando na sua cidade, e se tiver compareça, quadrinhos nacionais não são só Turma da Mônica, tem muita coisa boa rolando por aí já há bastante tempo, não é não, Capitão Rapadura?

CapitaoRapadura40Anos

  • A Mãe dos Leitores

    Capitão Rapadura é luz, meus umbigos sujos.

    • Inferno_Sempre_Infame

      peraí, se o Capitão Rapadura é Luz e Dadá é Luz, então:
      Dadá é o Capitão Rapadura?
      PAM PAM PAM PAAAAAMMMMMM

      2014-01-29 Disqus

      • A Mãe dos Leitores

        Lógico, meu pequeno. Demorou muito para descobrir.

  • A Mãe dos Leitores

    Capitão Rapadura é luz, meus umbigos sujos.

    • Inferno_Sempre_Infame

      peraí, se o Capitão Rapadura é Luz e Dadá é Luz, então:
      Dadá é o Capitão Rapadura?
      PAM PAM PAM PAAAAAMMMMMM

      2014-01-29 Disqus

      • A Mãe dos Leitores

        Lógico, meu pequeno. Demorou muito para descobrir.

  • Vai rolar um hangout do HDR amanhã 20 no canal dele.

  • Vai rolar um hangout do HDR amanhã 20 no canal dele.

  • Aquaman de BH
  • Aquaman, O Lego Emo
  • O_Comentarista

    Capitão Rapadura é conterrâneo do JJota.

    E legal a iniciativa.

    • Inferno_Sempre_Infame

      to achando que Capitão Rapadura é a identidade secreta do Jotinha…

    • JJota

      Criação do Mino, que tinha uma página semanal num diário de grande circulação daqui.

  • O_Comentarista

    Capitão Rapadura é conterrâneo do JJota.

    E legal a iniciativa.

    • Inferno_Sempre_Infame

      to achando que Capitão Rapadura é a identidade secreta do Jotinha…

    • JJota

      Criação do Mino, que tinha uma página semanal num diário de grande circulação daqui.

  • Rob Latinfield

    No terceiro quadrinho do capitão rapadura,, a Arlequina melífica fugiu do Léo??

  • Rob Latinfield

    No terceiro quadrinho do capitão rapadura,, a Arlequina melífica fugiu do Léo??

  • Matheus Wesley

    Apesar de lançarmos coisas boas,a maioria dos caras quer escrever coisas que são uma pura cópia do material estrangeiro.Outro dia li um tal de UFO Team que de tanta referência chega a ser chato !

    • O_Comentarista

      UFO Team é do Marcelo Cassaro.

      Tudo que ele escreve é cópia, mas ele não admite.

      • Matheus Wesley

        E os desenhos…

        • Anubis_Necromancer

          Alex Sunder.

          Acho que a única coisa que li do Cassaro e gostei, tanto do roteiro e traço, foi Lua dos Dragões.

          Não era Alex Sunder, ele fez Godless…
          UFO Team foi o Joe Prado…

          • Matheus Wesley

            Todo mundo tem uma mancha negra (ou melhor uma mancha image) na careira !

  • Matheus Wesley

    Apesar de lançarmos coisas boas,a maioria dos caras quer escrever coisas que são uma pura cópia do material estrangeiro.Outro dia li um tal de UFO Team que de tanta referência chega a ser chato !

    • O_Comentarista

      UFO Team é do Marcelo Cassaro.

      Tudo que ele escreve é cópia, mas ele não admite.

      • Matheus Wesley

        E os desenhos…

        • Anubis_Necromancer

          Alex Sunder.

          Acho que a única coisa que li do Cassaro e gostei, tanto do roteiro e traço, foi Lua dos Dragões.

          Não era Alex Sunder, ele fez Godless…
          UFO Team foi o Joe Prado…

          • Matheus Wesley

            Todo mundo tem uma mancha negra (ou melhor uma mancha image) na careira !

  • Anubis_Necromancer

    Tantos anos, e ainda estamos vinculados ao padrão “de fora”, apesar de que nós temos grandes artistas, os quais não valorizamos direito.

    • Aquaman de BH

      A Gente ainda é muito “atrasado” nesse quesito.

      Tem gente que até hoje só lê gibizinhos de super-heroi, não lê, vertigo, alternativas, europeu, etc, Que dirá ler quadrinho nacional.

      • Renan

        Acho que o problema é que o público brasileiro gosta de quadrinhos de super heróis, e os artistas nacionais não produzem nada parecido com isso, a maioria são obras autorais. Logo essa matemática nunca dará certo. E não por culpa do público.

        • Aquaman de BH

          Existem artistas que produzem, e outros que não. No FIQ tinha muita galera com o quadrinho dito “Autoral”. Muita coisa foda mesmo. Gibi de super-heroi é um “gênero” dentro do nicho de leitor de quadrinho. A tendência seria o cara começar por algo, e expandir o foco, virar um leitor de quadrinhos, não só um leitor de super-heroi, como acontece também nos livros.

          Manter a visão pra uma coisa só é limitador, e não torna as outras coisas ruins. Apenas diferentes.

          • Renan

            “No FIQ tinha muito quadrinho autoral foda.” Pra quem não se interessa por esse gênero, não significa nada. Se no Brasil se vende mais quadrinhos de super heróis, o natural seria ter alguma opção nacional.

            Quadrinho autoral é nicho.

          • Aquaman de BH

            Quadrinho de Super-heroi também.

            O Problema é essa coisa de “um anula o outro”, quando ambos podem entreter bem, ou mal. Essa “barreira” é o problema.

          • Renan

            Verdade.

  • Anubis_Necromancer

    Tantos anos, e ainda estamos vinculados ao padrão “de fora”, apesar de que nós temos grandes artistas, os quais não valorizamos direito.

    • Aquaman, O Lego Emo

      A Gente ainda é muito “atrasado” nesse quesito.

      Tem gente que até hoje só lê gibizinhos de super-heroi, não lê, vertigo, alternativas, europeu, etc, Que dirá ler quadrinho nacional.

      • Canoa Furada

        Acho que o problema é que o público brasileiro gosta de quadrinhos de super heróis, e os artistas nacionais não produzem nada parecido com isso, a maioria são obras autorais. Logo essa matemática nunca dará certo. E não por culpa do público.

        • Aquaman, O Lego Emo

          Existem artistas que produzem, e outros que não. No FIQ tinha muita galera com o quadrinho dito “Autoral”. Muita coisa foda mesmo. Gibi de super-heroi é um “gênero” dentro do nicho de leitor de quadrinho. A tendência seria o cara começar por algo, e expandir o foco, virar um leitor de quadrinhos, não só um leitor de super-heroi, como acontece também nos livros.

          Manter a visão pra uma coisa só é limitador, e não torna as outras coisas ruins. Apenas diferentes.

          • Canoa Furada

            “No FIQ tinha muito quadrinho autoral foda.” Pra quem não se interessa por esse gênero, não significa nada. Se no Brasil se vende mais quadrinhos de super heróis, o natural seria ter alguma opção nacional.

            Quadrinho autoral é nicho.

          • Aquaman, O Lego Emo

            Quadrinho de Super-heroi também.

            O Problema é essa coisa de “um anula o outro”, quando ambos podem entreter bem, ou mal. Essa “barreira” é o problema.

          • Canoa Furada

            Verdade.