Beyond-Two-Souls-630x330

Enxutos, teve um jogo que estava sendo alardado pelos quatros cantos na E3 desse ano e quando foi lançado, passou meio batido. Pois bem, esse fim de semana eu baixei O demo de Beyond Two Souls (BTS) e venho com mais um texto de português dadaístico mimimizar minhas impressões.

Bão, eu joguei Heavy Rain, jogo anterior do estúdio Quantic Dream e fiz um dos vários finais do game. Achei um bom jogo, bem balanceado entre um filme jogável e um jogo cinematográfico. Estranhei um pouco a jogabilidade do mesmo mas, depois que você se acostuma, é até interessante e a história te prende muito (joguei HR um sábado todo e terminei ele na madrugada do mesmo dia). É, que bom. André Marques. Enfim…

BTS aposta na mesma proposta de HR: uma história digna de filme, uma jogabilidade diferente, atores reais que tiverem seus movimentos capturados para compor os personagens, etc etc. Sobre a história, você personifica Jodie, uma mulher que possui uma espécie de entidade, espírito, encosto, capiroto ou sei lá dentro (ui) dela chamada Aiden desde a infância. Por conta disso, seus pais (os da Jodie, catzo) a internam em uma clínica e, já adulta, ela integra à CIA até que é acusada de traição e é caçada pelo agência. Isso é o que dá (hummm) a entender pela demonstração.

Pois bem, nO demo você joga partes de dois capítulos: ela infante na clínica passando por um teste que consiste em:  Jodie sentada em uma sala com uma série de cartas na sua frente. É pedido a ela que descubra quais cartas uma pessoa da sala ao lado está escolhendo. Para tal você assume o controle de Aiden e com o fantasminha camarada, vê o a tal carta escolhida. Além disso, é pedido a Jodie que movimente algo na sala ao lado e Aiden toca o terror, jogando papeis, mesa e etc para cima, aprotando altas confusões em uma sessão espírita do barulho. Na outra parte, uma caçada Umana é empreendida para capturar / matar Jodie que consegue fugir com a ajuda de Aiden.

David Cage, diretor e roteirista e Ellen Paige
David Cage, diretor e roteirista e Ellen Paige

Bão, vamos lá: assim como HR, BTS tem vários finais possíveis que dependem das ações tomadas no decorrer do jogo. Bom, não sei se a parte da caçada faz parte de umas dessas possibilidades de ação ou se, por ser uma demonstração, essa cena estava incompleta porque tentei agir de formas diferentes na cena do trem mas o resultado foi o mesmo. Acordar Jodie no trem antes da polícia entrar ou depois resultou na mesma perseguição.

Sobre ser um filme interativo: sim, essa demo deixou isso bem claro. Achei a jogabilidade totalmente travada, tendo que apertar os botões na hora que o jogo indica, seguir ou agir de forma pré definida. Como citado acima, HR foi muito bem balanceado nas duas mídias mas BTS pende muito mais para o lado de filme interativo. Diferente de um Dishonored, que te da a possibilidade de chegar do ponto A ao B de X formas diferentes e, dentro dessas X formas, tomar Y ações alternativas, BTS pega na sua mão e te leva pelo caminho todo, as vezes perguntando se você quer seguir por aqui ou ali.

Claro que essas impressões são da demonstração e o jogo completo deve ser outros quinhentos porém, entretanto, contudo e todavia, a mecânica do jogo não muda e a opção da Quantic Dream foi a de realmente criar um filme interativo.

Em tempo, graficamente o jogo é muito bonito. Muito mesmo. Sabe aquelas belas cut scenes de alguns jogos? Pois BTS é uma cut scene jogável. Ainda que as feições sejam um tanto quanto mecânicas (achei a HR muito superior nesse ponto),  a Quantic Dream se esmerou muito nos gráficos. Os personagens foram feitos atráves de captura de movimento, tendo Ellen Paige, Willam Dafoe e outros atores consagrados no elenco. Ainda assim, achei alguns movimentos meio mal feitos (Jodie correndo nos corredores do trem em movimento é muito tosco).

Will-Dafoe-Beyond-Two-Souls

Resume desse blábláblá todo: fiquei deveras curioso e um pouco tentando a comprar essa porcaria. O estúdio tem um esmero muito grande com suas histórias (eu simplesmente não conseguia parar de jogar Heavy Rain) e a possibilidade de alterar o rumo da história nos jogos é algo que me agrada muito. Porém, creio que o conceito de jogo se perdeu um pouco em BTS e realmente me desanima jogar algo em que o tempo todo me manda / mostra o que tenho que fazer.

Então… André Marques, que fez o mocotó. Que Bom!

  • batvelhaco

    Ellen Page, Natalie Portman e Amanda Seyfred são umas delicinhas …

    • Cova Tenebrosa

      Todas estão na minha lista…

  • Chazão

    Ellen Page, Natalie Portman e Amanda Seyfred são umas delicinhas …

    • Cova Tenebrosa

      Todas estão na minha lista…

  • Felipe P. Silveira

    Esse jogo parece tipo um que eu tinha para PS2 que se passa em NY, “A Capital do Universo”, como o jogo mesmo define a cidade. Não lembro o nome dessa porra, mas o jogo era assim, se matou um cara no banheiro de uma lanchonete, foge de lá (obviamente primeiro tu tenda esconder algumas evidencias) e o jogo é isso. Você joga com o “assassino” e com um casal de policiais tentando prender o cara!

  • Felipe P. Silveira

    Esse jogo parece tipo um que eu tinha para PS2 que se passa em NY, “A Capital do Universo”, como o jogo mesmo define a cidade. Não lembro o nome dessa porra, mas o jogo era assim, se matou um cara no banheiro de uma lanchonete, foge de lá (obviamente primeiro tu tenda esconder algumas evidencias) e o jogo é isso. Você joga com o “assassino” e com um casal de policiais tentando prender o cara!

  • Dr. Estranho Amor

    eu sou meio grilado com filme interativo, ainda mais depois da bomba do sega CD e alguns titulos do 3DO de raiz

  • Duo Bogard Brando

    eu sou meio grilado com filme interativo, ainda mais depois da bomba do sega CD e alguns titulos do 3DO de raiz

  • Girino Gomes

    Por que sempre aparece esses 2013/10/28 Disqus embaixo dos comentários do redatores do site?

    • geralmente a gente responde por e-mail.

      2013/10/28 Disqus

      • Girino Gomes

        Entendi.

  • Polvo Aranha

    Por que sempre aparece esses 2013/10/28 Disqus embaixo dos comentários do redatores do site?

    • geralmente a gente responde por e-mail.

      2013/10/28 Disqus

      • Polvo Aranha

        Entendi.

  • Girino Gomes
  • Polvo Aranha
  • Talvez compre!!!

    • O_Comentarista

      E talvez vc até veja, se tiver tempo.

      • Cova Tenebrosa

        Putz… Eu já comprei vários jogos e nem abri a caixa.

  • Omega

    Eu não sei… eu não gosto. Estou velho e jogo de videogame pra mim tem que ter desafio no gameplay e não no plot.

    Foi como o Heavy Rain, onde você decidia se dava remedio pra gripe por seu filho, ou não, o que traria consequencias futuras. Cheguei até a metade do jogo só porque a TV era nova e o jogo era bonito.

    • Também vou nesta linha. Atualmente, sem tempo, fica difícil desenvolver/jogar algo assim.

      2013/10/28 Disqus

      • Omega

        Acho que vou me recolher a minha velhice e jogar Wii U.

    • eu acho que o que pesa contra em BTS para mim é ser apenas o expectador.
      Olha, agora aperta X, agora puxa a alavanca para a direita.

      Isso mata o conceito de jogar.
      Mas HR é legalzão, viu.

      • Omega

        E subir aquele barranco na chuva com o detetive do futuro para colher as evidências no trilho do trem? Eu usei os dedos dos pés e a boca. “triangulo, quadrado, cima, direita, circulo, r1, baixo, L2, esquerda, R2”.

        • hauiahiauhaiuhauiahiauhaiuha

          É bem isso mesmo.
          puta saco.
          Mas, ainda assim, eu gostei de HR.
          Queria jogar de novo para fazer os outros finais.

          2013/10/28 Disqus

      • Dr. Estranho Amor

        sorguxo, olhe algum dia o video do cinemassacre falando o do por que o Sega CD foi pra vala

        essas merda da quantic vendem por que os graficos são bonitos, mas ainda são a merda de um filme interativo

        • não discordo de você.
          Inclusive, minha esposa ficou assistindo enquanto eu jogava essa demo. Ela por fim falou: você só faz o que o jogo manda?

          E é exatamente a sensação que tive jogando BTS.

          2013/10/28 Disqus

          • Omega

            A minha gostava de assistir o LA Noir. Pena que no meio do jogo teve um bug maldito que travou tudo e tive que começar do zero. Até aí perdeu a graça e parei de jogar.

          • porra, meu filho apagou meu save de Resident Evil 4 no ps2.
            E eu tava com mais de 50%.
            Nunca mais joguei de novo.
            Fiquei com preguiça.

            Em 28 de outubro de 2013 13:49, Disqus escreveu:

          • Omega

            Ah mas RE4 merece ser acabado, é o melhor jogo da série na minha humilde opinião, se relevar a nostalgia do primeiro. Eu não joguei o remake pro gamecube, mas acho que seja insuperável se levar em conta todas as críticas.

          • é, já me falaram.
            Foda é a preguiça para começar de novo.
            E ainda tô com uma porrada de jogo no PS3 para jogar e ontem eu quase comprei Splinter Cell Blacklist e Arkham Origim 😀

            Em 28 de outubro de 2013 13:52, Disqus escreveu:

          • Omega

            Eu parei de jogar jogos nessa geração com Dark Souls. ( e a Wii com Mario Galaxy 2 ). Agora vou esperar a PS4/XBone, ou ter uma recaída e jogar Dark Souls 2, só não decidi se tento a continuação pra PC. De resto, jogos indie quando dá tempo. Lendend of Grimrock tem sido o ultimo.

          • Dark Souls eu parei porque não consegui avançar mesmo huaiahuiahauihauiah
            Mas eu acho que essa geração de games tem um leque excelente de opções para todos os gostos.
            Só não jogo mais porque durante a semana não dá tempo e no fds eu reparto o ps3 com meu filho mais velho.
            Aliás, nos perdemos o contato com a família depois que a minha esposa comprou o GTA V hauiahuiahiauhauhauha

            2013/10/28 Disqus

          • Omega

            Nesse GTA eu nem chego perto.

            Aliás, jogos que não jogo mais:

            – Qualquer MMO. O ultimo foi Ultima Online.

            – Qualquer Elder Scrolls. O ultimo foi Oblivion ( 110 horas contadas ).

            – Qualquer sandbox, o ultimo sendo Red Dead Redemption.

            Dark Souls foi o campeão dessa geração na minha opinião. O gameplay é tão balanceado que se você tiver competencia, consegue acabar o jogo com uma tanga, uma clava e uma luva de Pyromancer. Além de ser fantástico visualmente e conseguir contar uma história sem nenhum vídeo longo. Coisas que japoneses conseguem fazer, tipo Shadow of the Colossus, mas com um desafio maior no gameplay.

          • Dr. Estranho Amor

            omega seu vagabundo pegue skyrim nas ferias para PC e divirta-se

          • cara, RdR é maior que a vida.
            Ainda jogo ele até hoje.
            Ele entre fácil num top 5 de jogos da nova geração.

          • Dr. Estranho Amor

            a unica vez que joguei RE4 foi quando comprei o jogo pra PC com o Mod HD, depois disso fiquei com uma preguiça do caralho, outra que eu ate hoje jogo Doom 3 por alguma razão maldita

            acho que e por que o jogo tem mods que deixam ele com a qualidade grafica de um jogo atual

  • Talvez compre!!!

    • O_Comentarista

      E talvez vc até veja, se tiver tempo.

      • Cova Tenebrosa

        Putz… Eu já comprei vários jogos e nem abri a caixa.

  • Omega

    Eu não sei… eu não gosto. Estou velho e jogo de videogame pra mim tem que ter desafio no gameplay e não no plot.

    Foi como o Heavy Rain, onde você decidia se dava remedio pra gripe por seu filho, ou não, o que traria consequencias futuras. Cheguei até a metade do jogo só porque a TV era nova e o jogo era bonito.

    • Também vou nesta linha. Atualmente, sem tempo, fica difícil desenvolver/jogar algo assim.

      2013/10/28 Disqus

      • Omega

        Acho que vou me recolher a minha velhice e jogar Wii U.

    • eu acho que o que pesa contra em BTS para mim é ser apenas o expectador.
      Olha, agora aperta X, agora puxa a alavanca para a direita.

      Isso mata o conceito de jogar.
      Mas HR é legalzão, viu.

      • Omega

        E subir aquele barranco na chuva com o detetive do futuro para colher as evidências no trilho do trem? Eu usei os dedos dos pés e a boca. “triangulo, quadrado, cima, direita, circulo, r1, baixo, L2, esquerda, R2”.

        • hauiahiauhaiuhauiahiauhaiuha

          É bem isso mesmo.
          puta saco.
          Mas, ainda assim, eu gostei de HR.
          Queria jogar de novo para fazer os outros finais.

          2013/10/28 Disqus

      • Duo Bogard Brando

        sorguxo, olhe algum dia o video do cinemassacre falando o do por que o Sega CD foi pra vala

        essas merda da quantic vendem por que os graficos são bonitos, mas ainda são a merda de um filme interativo

        • não discordo de você.
          Inclusive, minha esposa ficou assistindo enquanto eu jogava essa demo. Ela por fim falou: você só faz o que o jogo manda?

          E é exatamente a sensação que tive jogando BTS.

          2013/10/28 Disqus

          • Omega

            A minha gostava de assistir o LA Noir. Pena que no meio do jogo teve um bug maldito que travou tudo e tive que começar do zero. Até aí perdeu a graça e parei de jogar.

          • porra, meu filho apagou meu save de Resident Evil 4 no ps2.
            E eu tava com mais de 50%.
            Nunca mais joguei de novo.
            Fiquei com preguiça.

            Em 28 de outubro de 2013 13:49, Disqus escreveu:

          • Omega

            Ah mas RE4 merece ser acabado, é o melhor jogo da série na minha humilde opinião, se relevar a nostalgia do primeiro. Eu não joguei o remake pro gamecube, mas acho que seja insuperável se levar em conta todas as críticas.

          • é, já me falaram.
            Foda é a preguiça para começar de novo.
            E ainda tô com uma porrada de jogo no PS3 para jogar e ontem eu quase comprei Splinter Cell Blacklist e Arkham Origim 😀

            Em 28 de outubro de 2013 13:52, Disqus escreveu:

          • Omega

            Eu parei de jogar jogos nessa geração com Dark Souls. ( e a Wii com Mario Galaxy 2 ). Agora vou esperar a PS4/XBone, ou ter uma recaída e jogar Dark Souls 2, só não decidi se tento a continuação pra PC. De resto, jogos indie quando dá tempo. Lendend of Grimrock tem sido o ultimo.

          • Dark Souls eu parei porque não consegui avançar mesmo huaiahuiahauihauiah
            Mas eu acho que essa geração de games tem um leque excelente de opções para todos os gostos.
            Só não jogo mais porque durante a semana não dá tempo e no fds eu reparto o ps3 com meu filho mais velho.
            Aliás, nos perdemos o contato com a família depois que a minha esposa comprou o GTA V hauiahuiahiauhauhauha

            2013/10/28 Disqus

          • Omega

            Nesse GTA eu nem chego perto.

            Aliás, jogos que não jogo mais:

            – Qualquer MMO. O ultimo foi Ultima Online.

            – Qualquer Elder Scrolls. O ultimo foi Oblivion ( 110 horas contadas ).

            – Qualquer sandbox, o ultimo sendo Red Dead Redemption.

            Dark Souls foi o campeão dessa geração na minha opinião. O gameplay é tão balanceado que se você tiver competencia, consegue acabar o jogo com uma tanga, uma clava e uma luva de Pyromancer. Além de ser fantástico visualmente e conseguir contar uma história sem nenhum vídeo longo. Coisas que japoneses conseguem fazer, tipo Shadow of the Colossus, mas com um desafio maior no gameplay.

          • Duo Bogard Brando

            omega seu vagabundo pegue skyrim nas ferias para PC e divirta-se

          • cara, RdR é maior que a vida.
            Ainda jogo ele até hoje.
            Ele entre fácil num top 5 de jogos da nova geração.

          • Duo Bogard Brando

            a unica vez que joguei RE4 foi quando comprei o jogo pra PC com o Mod HD, depois disso fiquei com uma preguiça do caralho, outra que eu ate hoje jogo Doom 3 por alguma razão maldita

            acho que e por que o jogo tem mods que deixam ele com a qualidade grafica de um jogo atual

  • Dr. Estranho Amor

    Regra 12: jogos da quantic são uma merda de filme chato pra cacete….

    AE CARALHO!

    http://www.moddb.com/mods/duke-nukem-forever

  • Duo Bogard Brando

    Regra 12: jogos da quantic são uma merda de filme chato pra cacete….

    AE CARALHO!

    http://www.moddb.com/mods/duke-nukem-forever

  • O_Comentarista

    O jogo permite que alguns momentos a história mude, Sorg. Como o exemplo da parte da perseguição, se vc consegue ultrapassar a barreira com a moto vai pra cidade, se não, tem a cena dentro do “caveirão”.

    Também tem a parte da festa, q vc pode usar o Aiden ou não pra tocar o puteiro numa garotada.

    Minha namorada jogou mais do que eu e já fez 4 finais, embora falam pela net que o jogo tem mais de 20.

    • a parte do trem, quando ela esta dormindo, tem alguma diferença entre acordar ela antes da policia entre ou depois?
      Na demo resultou na mesma coisa.
      E quando ela escala o paredão de pedra na floresta?

      • O_Comentarista

        Acordar antes ou depois tanto faz.

        Se ela escalar o paredão, ela pega a moto. Se não ela fica na viatura, e vc tem que liberta-la pra pegar a moto.

        O jogo muda algumas cenas, mas o objetivo do capítulo é sempre o mesmo.

        Nesse ponto Heavy Rain é melhor.

  • O_Comentarista

    O jogo permite que alguns momentos a história mude, Sorg. Como o exemplo da parte da perseguição, se vc consegue ultrapassar a barreira com a moto vai pra cidade, se não, tem a cena dentro do “caveirão”.

    Também tem a parte da festa, q vc pode usar o Aiden ou não pra tocar o puteiro numa garotada.

    Minha namorada jogou mais do que eu e já fez 4 finais, embora falam pela net que o jogo tem mais de 20.

    • a parte do trem, quando ela esta dormindo, tem alguma diferença entre acordar ela antes da policia entre ou depois?
      Na demo resultou na mesma coisa.
      E quando ela escala o paredão de pedra na floresta?

      • O_Comentarista

        Acordar antes ou depois tanto faz.

        Se ela escalar o paredão, ela pega a moto. Se não ela fica na viatura, e vc tem que liberta-la pra pegar a moto.

        O jogo muda algumas cenas, mas o objetivo do capítulo é sempre o mesmo.

        Nesse ponto Heavy Rain é melhor.