barkerfeature

“Pois do céu é revelada a ira de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens que detêm a verdade em injustiça”. Romanos 1:18

Clive Barker é um nome bem conhecido entre os fãs de filmes/livros de terror. O cara é responsável por criar os Cenobitas, os seres demoníacos que ficaram mundialmente conhecidos pelo filme Hellraiser, fora que o escritor tem a “benção” do Stepehn King. O que muitos não sabem é que o Barker também é escritor de HQs, das quais eu pretendo falar aqui no site. E para começar com estilo, a primeira parte do post já vai falar de obra bem polemica !

STK618493

Coescrito pelo fanfarrão do Mark Millar, e desenhado por Haemi Jang, Próximo Testamento narra a volta de Deus para a terra. mas de uma forma bem peculiar. A trama começa com Julian Demond, um bilionário hipócrita, fazendo um “viagem espiritual”. No meio de sua jornada, Julian encontra um piramide com dois rostos entalhados . Como todo personagem burro de uma historia de terror, Demond se mete no que não deve e destrói a piramide, libertando ninguém mais e ninguém menos do que o próprio Deus em pessoa. Esqueça a imagem popular onde Deus é um velhinho barbudo que só anda de chinelos, na história ele é um ser todo colorido (UI) e sedento por sangue. Após uma conversa com Julian, o Todo Poderoso revela que seu nome verdadeiro é Wick, o pai das cores, e que graças aos seus dois irmãos, foi aprisionado por milênios, e que agora pretende trazer os bons  tempos do Velho Testamento de volta.

Wick, arte de Cliver Barker
Wick, arte de Cliver Barker

Enquanto isso, Tristan, filho de Julian, desconfia de que seu pai esteja escondendo algo, até que Julian volta para o Estados Unidos e apresenta Wick ao mundo. E é partir dai que começa um massacre que faria o Garth Ennis orgulhoso.

Barker e Millar criam uma atmosfera que te prende do começo ao fim. A serie tem algumas sacadas bem interessantes, entre elas Sodoma e Gomorra. Na HQ, Wick estava no meio da suruba, comendo quem tivesse buraco. Outra sacada curioso é sobre os irmãos de Wick. Pouco foi revelado sobre os dois, mas Wick relata que foram eles os responsáveis pelo Novo Testamento, que seria uma especie de “pedido de desculpa” celestial.

Embora o tema sobre religião esteja presente o tempo todo, não espere por uma critica inteligente ou por momentos de reflexão. A HQ só quer te deixar tenso do começo ao fim, sem nenhuma pretensão sobre mostrar uma nova visão sobre Deus e o mundo. Bom, pelo menos ate a edição #4. Vai que as coisas mudem ?

O ponto negativo fica a cargo do desenhista Haemi Jang. Sua arte é bem inspirada nos mangás, com uma boa noção de anatomia, mas algo me incomoda na arte dele.  Acho que a história ficaria mais assustadora se tivesse um desenhista com uma arte mais suja, talvez o  Leonardo Manco ou o Steve Pugh.

Clive-Barker's-Next-Testament-002-003

Enfim, não é uma HQ que eu recomendaria para todos, principalmente se a pessoa for extremamente religiosa ou tiver o estomago fraco, mas caso você esteja em busca de uma boa historia de terror e tenha a mente aberta, creio eu que essa historia irá te agradar.

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1