Batman The merciless

Mais uma ótima tie in da saga Dark Nights – Metal!

Pois bem enxutEs! Após uns merecidos dias de férias, voltei para contar a história escrita por Peter J. Tomasi e desenhada por Francis Manapul, que começa com um Batman chorando a morte de Diana, a Mulher-Maravilha da terra 12 do multiverso Sombrio. Batman conta que todos sucumbiram na batalha final. Na terra 0, mais precisamente na sala de guerra da A.R.G.U.S, os “illuminati” da DC se encontram para comentar a crise que acontece na terra, com ataques em todas as cidades. Eis que surge o Batman cruel  e ataca todos ali presentes. Esse Batman conta sua história enquanto mata geral os agentes da A.R.G.U.S. Na guerra final do seu mundo, Diana e Bruce estavam atrás do novo capacete de Ares para destruí-lo. Ares em pessoa estava atrás desse capacete e, após a “morte” da Diana, Bruce usa o capacete.

Batman The merciless

Lógico que o capacete transforma o Batman em um deus frio, que resolve matar tanto heróis quanto vilões daquele mundo. Após muita destruição na Terra 12, Bat-Coringa aparece com uma proposta de invadir a Terra 0 e achar Diana viva. Já na terra 0, Batman cruel  está no meio da cidade. Um jato tenta ataca-lo com uma bomba, mas esse Batman absorve tudo que é arma para satisfazer sua fome. Sentado em um trono (?), Batman/Ares comenta que Diana alertou-o sobre os perigos do capacete de Ares, mas Batman cruel não s escutou, ainda mais quando a mesma estava VIVA, após ele ter colocado o capacete e ele ter matado sua amada. Batman cruel segura Steve Trevor pelo pescoço, o amor da vida de Diana, para encerrar a edição.

Batman The merciless

Eu, como um bom trevoso, curti a ideia de um Batman The Merciless (mais um Batman cruel… enfim), mas, mais ainda, do final. Bruce passa a história toda falando sobre o amor por Diana e como tudo aconteceu, mas na verdade ele foi o vilão todo tempo, matando sua amada sem dó para ter o poder do capacete para ele.

Enfim, mais uma tie-in dessa MARAVILHOSA saga. Só espero ver isso no cinema. <3

  • Canoa Furada

    Eu tava doido pra comprar um material clássico do Morcego que a Panini andou lançando, coleção Lendas do Cavaleiro das Trevas. Mas acabei bobeando e vou tentar achar na net depois.

    Sobre essa história em si, achei bacana o conceito. Boa resenha, resumiu e explicou na dose certa.

  • Dr. Eunuco

    É o Snyder.
    Vai ser trevoso. Massaveio. Vai fuder com tudo que sempre acreditávamos sobre o Batman.
    No final, nada mudou. Foi pegadinho do Malandro.
    E ai, mais um reboot. Mais uma saga.
    Cheguei ao Nirvana.
    Resenho agora sem raiva ou expectativa. Isso é apenas uma marca.
    Feita para vender.
    Os velhos comics morreram. Viva aos novos comics.
    Segue o baile…

    • Frogwalken

      DE LEGENDI UIU NÉVA DÁI!!!

  • Não sei o que dizer… só sei sentir asco por essa merda. Parabéns pela Resenha, Rev… espero que sua sanidade não fique abalada.

    • Frogwalken

      A MINHA vai ficar se a Zatanna, Poderosa, Supergirl e cia gostouser tiverem ido pra vala nessa Saga de merda!

  • Frogwalken

    Trailer do Cross de Scooby Doo e Bátima =D

  • O Pistola Polvo Aranha

    Acho que o Snyder anda traficando drogas dentro da DC à mando do Morrison.

    • Frogwalken

      Maravilhosa: Hefesto, o que pode me fazer com esse monte de Metal Nth?

      Hefesto: UM MEGAZORD!!!

      Maravilhosa: Então manda ver!

      Hefesto: SHAZAM CARAI!!!

  • O_Comentarista

    Batman Kratos.

    No caso do BdE, seria o JJota com o chapéu do Lampião.

  • Frogwalken

    Resumindo, o Bátima Impiedoso é um baita de um Cuzão!

    Tem que ser o Capitão Fraldinha mais a Maravilhosa com a Armadura de Hefesto pra brigar com esse porra.

  • eu cretino

    Essa idéia do capacete do área daria uma ótima história. Infelizmente já foi desperdiçada nessa saga (de merda) trevosa.

  • Manapul e Tomasi, o melhor desenhista e o melhor roteirista da DC.

    • Frogwalken

      Eles devem ter olhado o texto do Snyder e feito cara de ” Que Merda, Hein! ” .

    • Lucas

      tomasi faz a idéia quase ficar boa, quase, mas o snyder dos quadrinhos ou cinema cagou o conceito , não tem concerto