Murder Machine

E lá vamos nós com mais uma versão do Batman

A história de Frank Tieri começa com o Ciborgue da Terra 0 em seu “satélite da justiça” do espaço. Ele conversa com seu pai sobre os últimos acontecimentos, até que recebe a mensagem que o Batman está se teleportando para o satélite, percebendo tarde demais que não era o Batman e sim o Murder Machine.

Murder Machine

A porrada come solta entre eles e Murder Machine começa a contar sua história: Alfred foi morto pelos vilões na Terra 44 no multiverso negro/ sombrio. Bruce não consegue superar a perda e cria uma inteligência artificial com algumas memórias de Alfred, com ajuda do Ciborgue daquela terra. Lógico que dá merda e a I.A de Alfred começa a matar todos os vilões do Batman, Através de um protocolo para proteger o Bruce. A I.A de Alfred, então, pede por um upgrade e se funde com Batman, saindo de um mero programa e ganhando forma. Assim surgiu o Murder Machine, que mata geral toda a Liga da Justiça daquela Terra.

Murder Machine

Recomendação do Sorg

Novamente, o Bat-Coringa aparece com o convite para invadir a Terra 0, para que eles possam viver. Murder Machine termina sua historia e o Ciborgue cai no chão, sendo lixado pela liga de batmen sombria.

Murder Machine

A edição termina com a Terra sendo invadida e o satélite sendo modificado para ficar mais DU MAU MANU!

Murder Machine

Os desenhos de Riccardo Federici são lindos e ficou muito bom com a história! O que me incomodou foi os balões com fundo preto nas falas. Ficou estranho para ler. Outra coisa que me incomodou foi o fato de precisar de toda essa liga sombria pra derrubar o Ciborgue. Um personagem bucha como ele não precisa de tudo isso.

Eu não vou tecer nenhum comentário (fora os que já fiz) a respeito e, principalmente, não irei dar nota. Deixarei isso para vocês aqui nos comentários, enxutos, enxutas e enxutX.

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1