Ou Os Aventureiros da Tumba Mecatrônica.

(Em memória de Stanley Weston 1933-2017.)

E mais uma vez, nosso grupo de heróis encontra-se atrás de respostas sobre o como diabos o tal Talismã funciona e como trazer de volta as pessoas transformadas por ele.

Só que não sem antes descobrirem como ele foi parar nas mãos do governo britânico!

Por isso, senta que lá vem história…

Como de praxe, um recap da edição anterior, além do elenco aleatório dessa edição.

Tudo começa no Egito, no que parecem ser os anos de 1980.

Numa tumba, até então, de uma pirâmide desconhecida, duas pessoas conversam sobre alguns hieróglifos na parede dos quais não significam nada, sendo apenas imagens gravadas nelas; uma delas o arqueólogo Elliot Marsh afirma que as ruínas eram conhecidas por serem de Amtoltec, já o outro Garrison Kreiger, lembrando de um fato que ocorreu durante a guerra, referindo-se àquilo como Binaltech.

Durante um desabafo do arqueólogo, sobre temer não levar o crédito por tal descoberta, Garrison apenas diz que ele está sendo paranóico, apontando uma arma em sua direção, com a intenção de matá-lo e ficar com os créditos.

Mas não antes do egiptólogo mostrar um aparelho gravador, com um peculiar símbolo nele.

Nunca confie numa pessoa que tem uma cicatriz na cara.

A cena pula para 3 dias depois do ocorrido, com duas pessoas conversando em off, e a situação narrada não é das melhores.

Vemos Stalker e Mayhem, membros do Adventure Team, lutando contra um exército de múmias robóticas, enquanto tenta se comunicar com Joe Colton, até então desaparecido.

Visite o Egito e Lute contra múmias como um caçador de aventuras…

Vendo que estavam em desvantagem, Stalker chama o Homem-Bala e o Homem-Atômico para ajudá-los.

Super-Herói…

A narrativa em off diz que, apesar de Mayhem e Stalker serem soldados, a era deles já havia passado, agora era uma era de lendas, com um certo ar de melancolia.

E voltando aos 4 combatentes em meio a uma horda de múmias-robôs, Colton consegue contatá-los e avisa que estava seguindo um sinal de dentro da pirâmide, quando topou com uma horda de múmias-robôs e dizendo que elas eram muito familiares.

Ou um soldado apenas.

Stalker então pergunta se eram iguais aos IRON Troppers da 2ª Guerra.

A conversa é interrompida com o Homem-Atômico sendo atingido por uma das múmias-robôs, mas sendo logo resgatado pelo Homem-Bala, apenas para se questionarem aonde estava Mayhem.

De volta ao interior da pirâmide, Colton volta a conversar com Stalker sobre o ocorrido na 2ª Guerra.

Com a voz em off, contando que Colton tinha um herói que o inspirou a ser um Joe, seu nome era Sargento Savage.

E nisso há um flashback, no qual mostra Savage num país europeu chamado Kalistan em 1943, tendo seu pelotão, os Screaming Eagles, sendo encurralados por um pelotão de soldados alemães, que, para surpresa deles, eram robôs.

A 2ª Guerra e seus soldados mecanizados.

A luta foi feroz, com um soldado sendo atingido no rosto e, ao término dela, esse mesmo soldado vê os restos dos robôs com um misto de surpresa e curiosidade. Sendo que o soldado é nada mais do que Garrison Krieger, que havia assassinado o arqueólogo no começo da história…

O narrador então, voltando a tumba, no qual narra que Colton ainda estava atrás do tal sinal, quando de repente ouve a voz do arqueólogo, constatando que era apenas a gravação sendo rodada de um gravador.

Colton o desliga, apenas para perceber tardiamente que estava cercado por mais uma horda de múmias-robôs.

Quando tudo parecia que ele seria morto, o gravador então começa a se transformar, revelando ser Soundwave, do qual usa uma onda sonora nelas, desativando-as.

Eram os Deus Egípcios Transformers?

Logo após a inesperada ajuda, Colton questiona se Action Man ou Hideaki estavam pilotando Soundwave, o que o deixa “chateado” e em seguida atira em sua direção.

Do lado de fora o Adventure Team, após derrotar a horda, apenas veem a explosão de um dos lados da pirâmide, afirmando que encontraram a posição de Colton.

Dentro dela, Colton, quando ia cair num buraco aberto pelo disparo de Soundwave, é salvo por Mayhem, que havia entrado na pirâmide durante a confusão do lado de fora.

Após adentrarem mais a pirâmide, atrás do sinal que estava controlando as múmias-robôs, Colton diz que o gravador havia se transformado num robô gigante, chamando-o de um tipo de Alternator e Convertor.

Enquanto a narrativa em off melancolicamente fica refletindo sobre a expectativa de vida entre os cybertronianos e os humanos.

E que Colton já teria entendido isso, ao encarar algo que mesmo desconhecendo a origem de Soundwave.

Enfim, Colton e Mayhem encontram Soundwave analisando uma parede com brilho roxo, no qual é logo destruída, para revelar outra sala onde estava Garrison Krieger criando suas múmias-robô, usando o Talismã e partes de cybetronianos jogados ao chão, o qual os comanda para cima de Soundwave.

Em busca do Talismã e outros segredos enterrados na Tumba de Amtoltec.

Colton então cai em cima de Soundwave, junto com a vinda do Homem-Bala e do Homem-Atômico, derrotando quantas múmias-robôs podia, além de partir para cima de Soundwave.

Este sem tempo a perder, usa de uma onda sonora, desativando todas as múmias-robôs ali e arremessando todos contra o chão.

Só para atirar neles de um terreno superior.

Atingindo os membros biônicos do Homem-Atômico e destruindo parte da mochila a jato do Homem-Bala.

Quando inesperadamente, Soundwave foca o Talismã, quando este reconstrói as partes mecanizadas do Homem-Atômico, após este tocá-lo num momento de dor, fazendo-o não perceber que Stalker vinha com o veículo do grupo em sua direção, chocando-o com sua cabeça.

É preciso mais do que um carro para destruir o atual Líder dos Decepticons.

Apesar do impacto, ele não sofreu muitos danos e partiu daquele lugar para completar sua real missão na Terra.

Destruindo o teto e fazendo a pirâmide desabar sobre o grupo, apenas para serem salvos pelo Homem-Atômico, com um poder telecinético, obtido pelo Talismã.

Terminando a narrativa com Krieger e o Adventure Team obtendo o Talismã.

Voltando aos dias atuais, descobrimos que a pessoa que contava a história era nada mais nada menos que Richard Ruby, o antigo Homem-Bala, o qual é entrevistado pelo grupo.

E tudo não passou de uma velha história de aventura.

Citando que a última vez que viu o Talismã, Krieger o havia roubado, mas Action Man afirma que a Inteligência Britânica o havia recuperado, mas não antes de Krieger sumir, matando o Home-Atômico no processo.

Ruby volta ao set de filmagem e Blackrock afirma que conheceu Krieger, logo após criar sua empresa, a Internacional Robotics Operations Network (ou I.R.O.N. se preferir), situada num país do leste europeu, governado pelo Conde Van Rani, chamado Kalistan, o mesmo país no qual Savage lutou contra os Iron Soldiers na 2ª Guerra.

Mayday afirma que não está gostando nada dessas semelhanças e Blackrock apenas diz que achava que ela estivesse acostumada, após anos de confronto contra o grupo Cobra.

Em outro lugar, Barão Ironblood e Doutora X tem um encontro com o atual Comandante Cobra, Tomax Paoli.

Tomax afirma que o Barão deveria tirar o capacete, pois é um “chapéu ridículo”, este contra-argumenta que a “máscara faz o homem” e o comandante anterior sabia muito bem disso, mostrando o capacete do antigo portador do título.

Doutora X ainda completa que, em mil anos, todos os líderes da organização sempre usaram algum tipo de máscara.

Legados que duram para sempre…

Tomax diz que metade da história era verdade; enquanto o Barão diz que 500 anos não são tão ruins então.

Logo, ele pergunta se Tomax estava com eles e este questiona sobre o que seria essa parceria.

Doutora X vai direto ao assunto, diz que os “Revolucionários” pegaram o Talismã e logo chegariam a Tomax, caso investigasse melhor. Eles estavam lá para avisá-lo sobre o caso e ajudá-lo se assim estivesse disposto.

Questionando sobre a oferta, uma quarta pessoa aparece para dizer que ele deveria aceitá-la e esta seria o Bumblebee Steampunk!

…E corações de aço que batem como marretas.

Enfim, a edição 3 termina com mais mistérios sobre o que seria o Talismã, de onde veio e para que serve, além de mostrar eventos anteriores à cronologia conhecida do IDWverse, até então “iniciado” em 2001, com os Protocolos de Infiltração dos Decepticons (minissérie Infiltration).

John Barber continua dando a trama a contagotas, revisitando, atualizando e ligando todas as franquias da Hasbro até então.

Quanto a arte, a mudança de Fico Ossio, por Ron Joseph, dá um ar mais “saudosista” à história, apesar dos seus erros meio gritantes, quanto a anatomia e o enquadramento. Talvez participar de uma edição importante tenha feito o desenhista ficar nervoso demais na hora de desenhá-la, mas nada que atrapalhe a leitura (a não ser que seja um detalhista chato como eu. XD).

Nota: 7,5/10.

Quem é quem.

E como sempre cada edição é aquela aula de referências antigas…

Adventure Team.

G.I. Joe de Várzea.

Em meados de 1970, a Hasbro lançou uma nova versão de seu famoso action figure G.I. Joe, mas agora chamado de Adventure Team, mudando o foco de militar para mais aventuresco, devido às mudanças da época.

Adventure Team – Outros tempos, novas metas.

E mais tarde, com a inclusão de outros temas, a Hasbro inseriu Mike Powers – Homem-Atômico (uma cópia do Homem de 6 Milhões de Dólares) e o Homem-Bala (não confundir com o herói da Fawcett e DC posteriormente).

Adventure Team – Mudanças são necessárias para sobreviver… e vender.

Na encarnação atual, eles são um grupo de forças especiais dos EUA, liderados por Joe Colton, o G.I. Joe Original, seguidos por Mayhem- Miles Manheim; Stalker- Lonzo Wilkison; Homem-Atômico- Mike Power; e Homem Bala- Richard Ruby.

Adventure Team Atual.

Alternators, Binaltech e Convertor.

Alternator, Binaltech Grimlock – Porque ser dinossauro-robô era muito anos 80.

Alternators e Binaltech foram duas coleções de Transformers, lançados pela Hasbro e pela Takara respectivamente, sendo esses baseados em carros contemporâneos.

Alternator, Binaltech Shockblast – Porque virar uma arma espacial era muito retrô.

Já Convertor foi uma coleção de “transformers” lançada pela empresa Select, em meados de 1970. Além de figuras originais, também usava alguns mechas de animes diversos, como Macross e Dolbuck.

Convertor – Mais barato do que um Go-Bot.

Na encarnação atual, foram termos usados pelos humanos para descrever a vida cybertroniana antes de saber da existência deles.

E você achava que os Valkyries de Macross ficariam restritos apenas em Robotech e Transformers…

Sargento Savage.

Sargento Savage – Um herói de guerra com uma origem igual a do Capitão América.

Durante um revival da franquia G.I. Joe, entre 1994 e 1995, a Hasbro lançou uma coleção chamada Sgt. Savage and his Sreaming Eagles. Chegou a ganhar um piloto de animação chamada Old Heroes Never Die”, mas sendo cancelada pouco depois, a favor da animação G.I. Joe Extreme, feito pela Kenner (a mesma que lançou Beast Wars).

A década de 90 e suas anatomias que desafiam a lógica.

No original ele foi um herói de Guerra que lutou contra soldados-robôs na Europa e sendo dado como morto depois de sua última missão. Sendo na verdade congelado e trazido de volta à vida nos tempos atuais (ou 1995 em G.I. Joe Extreme).

Sargento Savage “atual”.

Na atualidade seu papel ainda é um mistério, já que não se falou muito dele, apesar do canon de luta contra robôs nazistas, durante um país do leste europeu, ainda é o mesmo.

Garrison Krieger.

General Blitz nos quadrinhos…

Durante a run de Sgt. Savage, Garrison Krieger foi o responsável pela morte de seu esquadrão e criação do exército de ferro na 2ª Guerra. Após sua derrota, ele some e volta anos mais tarde com uma nova identidade, a de General Blitz, ainda com a meta de dominar o mundo.

…e sua versão animada.

Na versão atual, ele lutou ao lado de Savage durante a batalha contra os soldados-robôs no país fictício da Kalistan, sendo ferido no processo, mas despertando uma curiosidade sobre os seres mecanizados.

Aquele sorriso que te mata.

Conde Von Rani.

Regra para ser um bom vilão: use uma máscara berrante.

Líder da S.K.A.R. (Soldiers of Kaos, Anarchy and Ruin) no revival de 1995, chamado G.I. Joe Extreme. Substitui a função do Cobra como antagonista da série, sob a alcunha de Iron Klaw.

Em sua versão atual, é apenas citado como governante de Kalistan, no leste europeu, e presidente-chefe da I.R.O.N.

Tomax Paoli.

Tomax e Xamot.

Os irmãos gêmeos univitelinos Tomax e Xamot eram os líderes da Guarda Rubra da Organização Cobra, além de empresários e cabeças da empresa de fachada da organização a Extensive Empreendimentos.

Na atual revisão, ele e seu irmão fazem parte da Unione Corse, seu irmão Xamot morre durante uma investida do Joe chamado Chuckles e este trai a organização por permitir sua morte.

Tomax – Um manipulador nato.

Tempos depois ele volta sendo o atual líder dela.

Steampunk Bumblebee.

Transformers movidos a vapor.

Oriundo de uma continuidade, na qual os Transformers foram despertos durante a Revolução Industrial Americana. Sua aparição na trama é um mistério até então.

Curiosidades:

No mural, quando Elliot está explicando sobre a tumba, nota-se na parede as imagens de Shockwave, Biotron, Acroyer e uma placa que se assemelha muito ao peitoral do personagem Leoric de Visionaries, dando a entender que eles poderiam aparecer mais adiante na série, ou só servindo mesmo de easter-eggs.

Segredos revelados…
…Ou apenas coincidências.
  • O_Comentarista

    Agora com as imagens consegui entender essa história.

    Mas pqp! Cronologia mais confusa que da Marvel.

    • Anubis_Necromancer

      Calma que a coisa vai se ajeitar com uma coleção de compliados, que vai explicar melhor a cronologia da IDW, entre as diversas franquias da casa.
      O nome é HASBRO HEROES SOURCEBOOK , e deveria ter saido agora em Maio, mas foi remanejado pra Junho agora…

  • Fernando

    Datena não aprova esse post!
    Cadê IBAGENS??????

  • Pera, tem um IDWverse?

    • starscream2

      Exatamente. Vai juntar várias marcas de action figures da Hasbro.

  • MAJJIIIIIIIIIIIIIIN! TIRA AS IMAGENS DO CU, FILHO DA PUTA!

  • Boa resenha, Anúbis!

  • Super do BdE

    Boa resenha Anubis. Pena que está sem iBagens,

  • starscream2

    Boa resenha Anubis! Várias e várias referências…

    E eu também não consigo ver as iBagens, nem com o celular, nem no PC. MAJJIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN!!!

  • [Better Call Harvey]

    aqui ta de boa MAJIIIINNNNNNN

  • Frogwalken

    É, tudo bugado mesmo, só aparece texto mas sem IBAGENS, mesmo na página principal.

    MAJJIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN!!!

    • No smartphone tá de boa. MAJJIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN

      • Majjin fumou as imagens! Sumiram em todos os lugares.

    • Anubis_Necromancer

      Aki desde cedo só aparecem os textos, e não as ibagens.