Justiça Jovem Ep: 7 – A NEGAÇÃO

  • eu cretino

    legal era quando rapina e columba eram agentes da ordem e do caos

  • eu cretino

    legal era quando rapina e columba eram agentes da ordem e do caos

  • O que era maneiro nesta série era ver estes jovens personagens da equipe interagindo com os outros integrantes do UDC (alguns destes personagens eram até bem obscuros e que nunca foram realmente aproveitados em outras séries da DC). Em cada episódio, estes personagens vão provando a sua importância e relevância… o que culmina numa 2ª temporada fodádástica, que mostra ainda mais a integração destes personagens com a Liga da Justiça. Parabéns pelo pote!!!

    • Felipe P. Silveira

      Foi uma pena eles terem de apreçar o fim da segunda temporada (e obviamente de não ter uma terceira).

      • Podes crer… a segunda temporada foi muito boa e uma terceira ia ser muito foda depois do desfecho da segunda temporada.

      • Vdomiciano

        Se aumenta os custos de produção e num vende bonequinhos eles cancelam independente da qualidade – vide Thundercats

        • Felipe P. Silveira

          Também, os inteligentes fazem bonecos voltados para o publico colecionador, ai não vende mesmo!

          • Vdomiciano

            Na verdade quis dizer de bonecos de loja comum – tipo padrão Max Steel – pro publico geral mesmo. Se num tem apelo de marketing pra brinquedos e merchandising (roupas, material escolar, dvds) eles cancelam.

        • E aí entram aquela Titans Go para a moleKadinha deXcolada. Pelo visto, deve estar vendendo bem…

          2014/1/24 Disqus

        • Arilus

          É um pouco mais complicado que isso também. A Warner mandou muito mau no marketing de Justiça Jovem, e de Lanterna Verde (e presumo que nos Thundercats também). Não se encontrava merchandising das séries em lugar algum, e isso não era só no Brasil não. Quando as séries foram canceladas, uma galera enorme se manifestou quanto a isso, em todo lugar em que eram exibidas. A base de fãs dessas séries era muito fiel, mas não tinha como demonstrar isso. O pior disso tudo é ouvir a entrevista que o Paul Dini concedeu ao Kevin Smith, e ver como a Warner está totalmente sem foco e não sabe lidar com o demográfico que suas séries alcançam, principalmente quando elas alcançam um público além do que eles esperavam. Parece que a Warner não tem a menor noção de como tirar vantagem disso.

          • Bunda Malvada

            Não, cara.

            O “marketing” de YJ teve a mesma força que o marketing de qualquer outro desenho da CN. O que pegou é que o público de YJ não era do tipo que comprava bonequinho infantil. Era adolescentes, adultos, e uma MINORIA criança. isso que pegou.

          • Arilus

            Acho que não. Eu mesmo não vi produto nenhum de YJ nas prateleiras. Dvds só avulsos, sem nem fechar uma temporada. E isso foi algo global, todo fã de YJ na net reclamou da falta de produto. E seu argumento só prova que a Warner não sabe focar no público que ela atinge, o que é um problema para um empresa desse porte.

          • Bunda Malvada

            Amigo, a Warner só fazia a série. Quem dizia se ia pra frente ou não é a Cartoon. Infelizmente, ela disse não.

  • O que era maneiro nesta série era ver estes jovens personagens da equipe interagindo com os outros integrantes do UDC (alguns destes personagens eram até bem obscuros e que nunca foram realmente aproveitados em outras séries da DC). Em cada episódio, estes personagens vão provando a sua importância e relevância… o que culmina numa 2ª temporada fodádástica, que mostra ainda mais a integração destes personagens com a Liga da Justiça. Parabéns pelo pote!!!

    • Felipe P. Silveira

      Foi uma pena eles terem de apreçar o fim da segunda temporada (e obviamente de não ter uma terceira).

      • Podes crer… a segunda temporada foi muito boa e uma terceira ia ser muito foda depois do desfecho da segunda temporada.

      • Victor Domiciano

        Se aumenta os custos de produção e num vende bonequinhos eles cancelam independente da qualidade – vide Thundercats

        • Felipe P. Silveira

          Também, os inteligentes fazem bonecos voltados para o publico colecionador, ai não vende mesmo!

          • Victor Domiciano

            Na verdade quis dizer de bonecos de loja comum – tipo padrão Max Steel – pro publico geral mesmo. Se num tem apelo de marketing pra brinquedos e merchandising (roupas, material escolar, dvds) eles cancelam.

        • E aí entram aquela Titans Go para a moleKadinha deXcolada. Pelo visto, deve estar vendendo bem…

          2014/1/24 Disqus

        • Arilus

          É um pouco mais complicado que isso também. A Warner mandou muito mau no marketing de Justiça Jovem, e de Lanterna Verde (e presumo que nos Thundercats também). Não se encontrava merchandising das séries em lugar algum, e isso não era só no Brasil não. Quando as séries foram canceladas, uma galera enorme se manifestou quanto a isso, em todo lugar em que eram exibidas. A base de fãs dessas séries era muito fiel, mas não tinha como demonstrar isso. O pior disso tudo é ouvir a entrevista que o Paul Dini concedeu ao Kevin Smith, e ver como a Warner está totalmente sem foco e não sabe lidar com o demográfico que suas séries alcançam, principalmente quando elas alcançam um público além do que eles esperavam. Parece que a Warner não tem a menor noção de como tirar vantagem disso.

          • Bunda Malvada

            Não, cara.

            O “marketing” de YJ teve a mesma força que o marketing de qualquer outro desenho da CN. O que pegou é que o público de YJ não era do tipo que comprava bonequinho infantil. Era adolescentes, adultos, e uma MINORIA criança. isso que pegou.

          • Arilus

            Acho que não. Eu mesmo não vi produto nenhum de YJ nas prateleiras. Dvds só avulsos, sem nem fechar uma temporada. E isso foi algo global, todo fã de YJ na net reclamou da falta de produto. E seu argumento só prova que a Warner não sabe focar no público que ela atinge, o que é um problema para um empresa desse porte.

          • Bunda Malvada

            Amigo, a Warner só fazia a série. Quem dizia se ia pra frente ou não é a Cartoon. Infelizmente, ela disse não.

%d blogueiros gostam disto: