O Complexo de Chimpanzé, por Robin Hood.

119
106

The-Chimpanzee-Complex-v01p000a

Resenha de uma HQ boa?! Já sabemos qual será o post menos acessado da semana…

Após ter passado no caixa e visto que a grana incalculável que o BDE me pagou pela última resenha já tinha caído (o quê, vocês acham que é só o King que pode ficar rico escrevendo pra esse negócio?), aproveito para falar sobre uma obra que, apesar de já estar na rede há algum tempo, tive contato (mas sem beijo na boca) apenas recentemente: “O Complexo de Chimpanzé” (que, ao contrário do que o nome possa sugerir, não é mais uma piada de mau gosto do Danilo Gentilli).

Dividida em 3 capítulos, este épico dos franceses Richard Marazano (texto) e Jean-Michel Ponzio (desenhos) foi publicado no seu país de origem em 2007 (e como não entendo bulhufas de francês, a leitura da mesma só foi possível graças ao trabalho de tradução do pessoal do “quadrinhos inglórios”).

compl4

Fazer uma comparação com as revistas mainstream americanas atuais é até sacanagem, mas vou fazer assim mesmo, porque eu adoro chutar cachorro morto. Figurativamente falando, é claro – minha namorada já avisou várias vezes que, se um dia ela tiver que escolher entre mim e seus cachorros, é bom eu começar a procurar uma boneca inflável pra me fazer companhia (mas eu adoro cachorros, viu, meu chuchu com beterraba, e essa receita de cachorro ao molho pardo que você encontrou no meu computador era só curiosidade). Mas, voltando à comparação… bem, não tem comparação. Em primeiro lugar, O Complexo de Chimpanzé é feita por europeus, o que, por si só, já diz bastante sobre a qualidade da obra. Quem já leu Moebius, Manara e Serpieri (ah, Druuna, por quê não fazem uma boneca igual a você? – aham, aham, brincadeirinha de novo, minha caixinha de suco Maguary! Não me aponte essa faca que eu sou alérgico a elas) sabe que o desenho europeu é por padrão quase sempre irrepreensível e o fantástico trabalho de Ponzio segue a mesma qualidade de seus mestres. Com um absoluto domínio de sombra e luz, expressões faciais e proporção que fariam quaisquer Humbertos e Liefields da vida pedirem demissão e virarem entregadores de pizza, caso tivessem vergonha na cara. Seus desenhos são praticamente um filme em quadrinhos.

The-Chimpanzee-Complex-v01p012

Já o roteiro, pelo menos pra não ficar tão feio pros Homem-ARranha e Superômi, eu gostaria de dizer que é uma droga, que é mais do mesmo e piriri-pororó… mas os caras não ajudam! A premiada história, que te prende do começo ao fim, possui um enredo complexo que após terminar de ler as 3 edições você fica se perguntando se algum dia vão fazer um filme daquilo. Que mané Gravidade nada! Morra de inveja, Alfonso Cuarón.

The-Chimpanzee-Complex-v01p015

Iniciando-se em 2035, ao contrário do que estamos acostumados a ver em obras de ficção científica costumeiras, a época retratada continua igualzinha ao tempo atual, sem skates voadores, sem automóveis voadores voltando ao passado e nem ao menos uma empregada-robô chamada Rosie pra dar um ar mais fictício à história. Neste período, os americanos estão prontos pra mandar a primeira espaçonave tripulada para pousar em Marte, mas um pequeno problema de falta de verba causa o adiamento da viagem por tempo indeterminado. Mal para Helen Freeman, astronauta cotada para fazer parte da tripulação na viagem que era seu grande objetivo de vida. Menos mal para sua pequena filha Sofia, que sempre se ressentiu do pouco tempo que sua mãe passava com ela, devido à natureza de seu trabalho. No entanto, suas vidas sofrem uma reviravolta (obviamente, senão não teríamos história!) quando uma cápsula espacial retorna a Terra, com dois astronautas dentro dela que mais tarde alegam ser simplesmente Buzz Aldrin e Neil Armstrong, os primeiros homens a pisarem na lua (e que supostamente tinham voltado para a Terra e morrido há décadas atrás). Helen é chamada para ajudar no interrogatório, mas, além dos seus nomes, pouco pode descobrir, pois os dois são encontrados mortos em sua cela (com a aparência de quem morrera há décadas atrás) logo depois de terem suas identidades confirmadas. Mas se aqueles homens eram mesmo quem diziam ser, quem eram aqueles que voltaram da lua em 1969? Onde eles estiveram todo esse tempo e como sobreviveram no espaço? Onde estava o terceiro membro da missão original? Por que colocaram esse nome ridículo na obra? E por quê meu salário não teve aumento?

The-Chimpanzee-Complex-v01p019

Mistério, drama, ficção, o gato de Schrodinger e um final surpreendente são o que te esperam ao ler essa magnífica obra (e não, não estou recebendo uns caramingué pra falar bem desse negócio). Se você está acostumado com heróis encapuzados, desenhos amadores, finais óbvios, e além disso não está com cabeça para coisas que te façam pensar, saia correndo. Caso contrário, pegue sua toalha e parta nesta nave que não é dos Vogons em sua missão de cinco anos ou até que a série seja cancelada, audaciosamente indo aonde nenhum ser humano jamais esteve.

ComplejoChimpance-03--48

Resenhas, contos, receitas… já sabem: obailedosenxutos@gmail.com!

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1