Aposto que, no final da temporada, ele vai ferrar a realidade de novo!

Olá, Enxutos, que não aguentam mais vilões velocistas, enquanto outros são subaproveitados em The Flash!

A terceira temporada do homem mais rápido do mundo (SÓ QUE NÃO!), que retorna dia 4 de outubro, está cheia de novidades. Fiquem com um resumo das mais interessantes:

Os produtores executivos de The Flash e Supergirl afirmaram que querem aproveitar o fato de boa parte do elenco saber cantar, como é o caso de Grant Gustin e Melissa Benoist, que tiveram passagem pela série Glee, e Joss Whedon de Os Vingadores poderá dirigir o crossover musical, onde o Flash (Grant Gustin) e a Supergirl (Melissa Benoist) apresentarão números musicais, com os demais atores, em dois episódios diferentes.

O Gorila Grodd estará de volta num episódio de duas partes, ambientado em Gorilla City.

Recomendação do Sorg

O vilão velocista Savitar estará em The Flash. Ainda não foram divulgadas mais informações sobre o personagem, mas nos quadrinhos ele é um soldado da Guerra Fria, que acaba sendo atingido por um raio durante um voo teste, caindo em território inimigo. Ele descobre ter super-poderes e se auto-denomina Savitar, o deus hindu do movimento, e estuda muito o assunto, aprendendo sobre elementos desconhecidos por outros velocistas.

O ator Grey Damon será Sam Scudder, o Mestre dos Espelhos, um criminoso prodígio com um grande ego. Após descobrir seu poder de viajar através de qualquer superfície refletiva, Scudder embarca em uma massiva onda de crimes, para se provar ser o maior assaltante que Central City já viu.

O Doutor Alquimia também aprontará altas confusões na série e será dublado por Tobin Bell, o Jigsaw de Jogos Mortais.

E o ator Tom Felton, da série Harry Potter, entrou para o elenco fixo, onde viverá Julian Dorn, um detetive que investigará Barry Allen.

Veja também a sinopse da nova temporada e o trailer divulgado na SDCC 2016:

“Cego pela fúria, Barry (Grant Gustin) cai no jogo de Zoom (Teddy Sears) e descobre o verdadeiro objetivo do velocista: destruir todas as versões da Terra no multiverso. Na corrida de sua vida, Barry derrota Zoom, mas não celebra sua vitória e sim toma a decisão de correr para a noite em que sua mãe morreu, para impedir o Flash Reverso (Matt Letscher) de matá-la, alterando seu passado e redeterminando seu futuro.”

Ufa! É muita coisa! Será que sobrou algo para uma quarta temporada?

Gostei de usarem o Flashpoint, criado ao final da segunda temporada do Flash, para unir o universo da série da Supergirl ao das séries da Uórner. Na torcida para a Melissa e o Grant formarem um casal, dentro e fora da TV.

COMO NÃO AMAR ESSE CASAL?
COMO NÃO AMAR ESSES DOIS?

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1