Reveladas a primeira capa e a equipe criativa da nova revista mutante.

Olá, Enxut@s, que são rebeldes ou apenas inúteis!

A Geração X será relançada como parte da fase ResurrXion dos X-Men no começo de 2017, juntamente com X-Men Blue, X-Men Gold e Homem de Gelo, e a revista focará no Instituto Xavier mais uma vez.

Escrita por Christina Strain e com arte de Amilcar Pinna, a nova Generação X se concentrará num novo grupo de mutantes desajustados que não se encaixam em nenhum outro lugar no recém-reaberto Instituto Xavier. Sob a tutela de Jubileu, membro da Geração X original, a equipe terá Kid Ômega, Eye-Boy, Benjamin Deeds, Nature Girl, Bling! e o novato Nathaniel Carver. Os mutantes Câmara e Escalpo devem aparecer para auxiliar a Jubileu. Magia e Dani Moonstar também. Até o mutante brasileiro Andre Mexer estará pela escola, provavelmente limpando-a.

geracao-x

Em entrevista ao CBR, Christina Strain deu mais detalhes sobre a revista:

“Durante anos, o Instituto Xavier tem sido uma espécie de porto seguro para jovens mutantes. A sociedade os rejeita, eles vão para o Instituto e então eles são ensinados a controlar seus poderes, geralmente com a esperança de finalmente se tornar X-Men. Mas é perigoso. As pessoas morrem – às vezes num ônibus cheio. Então, quando tomamos um segundo, para ser honesto sobre isso, talvez nem todos os mutantes são cotados para ser X-Men. Eles não serão todos um Ciclope, ou uma Tempestade, ou uma Jean Grey. E alguns mutantes jovens têm poderes que simplesmente não fazem sentido numa situação de batalha (estou olhando para você, Cifra). Assim, no interesse de manter mais de seus jovens vivos, o Instituto está pensando que é hora de uma reestruturação. Agora, no Central Park, o recém-reformado Instituto Xavier tomou essa iniciativa como uma oportunidade para reavaliar seus alunos, dividindo internamente o corpo estudantil em três classes: A Próxima Geração de X-Men, a Próxima Geração de Embaixadores e a Próxima Geração De … bem, perdedores adoráveis. Estes são os membros da nossa Geração X. E incluem mutantes com poderes benignos, mutantes que são considerados passivos durante missões e/ou batalhas e mutantes com personalidades desajustadas para serem um embaixador. Eles são basicamente todos os mutantes que simplesmente não parecem se encaixar em qualquer lugar – incluindo a própria escola onde a eles foi prometido que se encaixariam.”

Gostei muito da proposta da revista e a Jubileu, com seus poderes inúteis, se encaixa perfeitamente nela, sem contar que ela agora é uma vampira e também tem um bebê para cuidar.

Realmente alguém precisa ficar e tocar a Escola Xavier para Crianças Peculiares, enquanto os X-Men de verdade salvam humanos e mutantes.

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1