Doug02

Poque esses personagens podem não ser tão inocentes assim…

Olá enxutos! Sabem aqueles desenhos que nos acompanham desde a infância, com histórias marcantes e personagens incríveis? E se eu lhes dissesse que na verdade muitos deles não passam de verdadeiros pesadelos psicológicos? E que tudo que você tem que fazer para ver isso é só uma mudança na intrepretação? Bem, não sou psicólogo, mas com certeza da pra perceber que muitos personagens de cartoons que amamos tem muitos parafusos a solta…e num total amadorismo, fazendo apenas um exercício de imaginação e “cagando regra”, eu lhes dou essa lista de alguns personagens dos cartoons que claramente deveriam passar uma temporada no Arkham!

E começamos essa lista com…

Paciente: Jhon (Garfield)
Doença: Transtorno Bipolar com sintomas de psicose

Todo mundo conhece o Garfield. Preguiçoso, resmungão, gosta de lasanha e odeia Segundas Feiras. Bom, a personalidade forte e carismática de Garfield é um contraste enorme com seu dono Jhon, apático e totalmente “comum”.

80cdda34d27de3a8a0fd62a58b2ec1db

Recomendação do Sorg

Jhon é o tipico solteiro. É tímido, não gosta do seu trabalho e tem um gato. Um gato que é mais ativo e dinâmico que ele. Jon é o personagem secundário, Garfield é o importante. Sempre achamos isso porque o desenho é sobre o gato. E se não for? E se na verdade o que vemos em Garfield são as ilusões de UMA OUTRA PERSONALIDADE DE JHON? Uma que é capaz de fazer as coisas que ele quer e não pode por ter medo? Uma personalidade que não liga para nada além de si mesmo. Come o que bem entende sem se preocupar com a saúde. Dorme muito e detesta Segundas Feiras, afinal todo mundo que trabalha odeia esse dia da semana! Então tudo que vemos é apenas a projeção de Jhon em seu gato, suas alucinações criando uma personalidade mais forte que a dele: Garfield!

img_0005

Nesse caso, todas as aventuras desse adorável felino não passam da solidão psicótica de alguém com problemas mentais, e que não sabe nem cuidar de um gato direito.

Paciente(s): Calvin (Calvin e Haroldo) e Robert Generic (Fantástico Mundo de Bobby)
Doença: Esquizofrenia
Calvin e Haroldo talvez seja um dos personagens mais amados que se conheça. As aventuras de um de imaginação fértil e seu tigre de pelúcia que ganha vida encanta a crianças e adultos a décadas. Mas isso esconde a questão de como a psicologia vê esse comportamento infantil, dos amigos imaginários. Quando não eram consideradas assombrações dos quintos dos infernos, os pais podiam ver isso apenas como um grito de solidão e a necessidade de chamar atenção dos filhos, o que lhes dava a chance de “embarcar” na brincadeira, ou simplesmente ignora-la. Mas atualmente, com a correria do dia-a-dia, ao invés de pais atenciosos que acham que é apenas uma fase, a solução mais prática é um bom psicoterapeuta para acabar com as ilusões da criança. Bichos de pelúcia que andam e falam? Claro que isso é doença!

bill-watterson-um-gigante-oculto-entre-meros-mortais.html

A imaginação super ativa de Calvin e seu “amigo imaginário” Haroldo começaram a sair um pouco do controle. falar com o tigre de pelúcia é uma coisa, mas tentar criar uma insurreição na sala de aula e se recusar a obedecer os pais porque seu amigo tigre te disse que eles eram manipuladores e estavam destruindo a sua individualidade seria um pouco de mais.

calvin-e-haroldo-final
Eu sempre morro um pouco por dentro quando leio essa tira…

O mesmo ocorre com o pobre Bobby. Sendo o caçula dos Generic, ele vivia em uma típica família de classe média americana, com um pai executivo, mãe super protetora, e dois irmãos que cagavam para ele. Se afundar em um oceano de psicose com amigos imaginários seria a única solução, ainda mais quando o mais irresponsável dos adultos, o Tio Ted, se torna seu único amigo! Melhor ele do que o Dollynho né?

O_Fantástico_Mundo_de_Bobby_abertura

Paciente: Salsicha (Scooby Doo)
Doença: Alucinações auditivas causadas por vício em drogas (maconha)

Essa aqui é fácil de diagnosticar: dorgas!
Vamos aos fatos: um homem relaxado, distraído, e que mora praticamente num furgão, que se chama “Shaggy”, e vive com fome. Bom, tá na cara que isso é larica!

tumblr_lx7hxpWW0l1r9y5qbo1_500

E outra: Revendo alguns episódios clássicos de Scooby Doo, e de todas as suas versões, da para perceber que o interlocutor direto do Scooby é o Salsicha apenas. Os outros moleques apenas “falam” com o cachorro, lhe dando ordens ou lhe oferecendo comida. Qualquer domador de animais ou um dono dedicado, podem condicionar um animal de estimação a responder a alguns comandos. Isso se chama adestramento. Mas falar, conversar, ouvir a voz do Scooby…só o Salsicha!

Scooby-Doo

Nem vou entrar no mérito do Scooby Loo. Isso já é alucinação coletiva, ou simplesmente uma onda bem forte com o fumo passando de mão em mão!

Paciente: Doug Funnie
Doença: Transtorno Bipolar com surtos psicóticos alucinógenos.

Doug conta a história de um garoto que se muda para uma escola nova, e acaba por conta disso vivendo as ansiedades de ter que fazer novos amigos, se apaixona pela menina mais legal da escola, sofre bullying…um garoto normal, certo?

Doug-Funnie

Errado! Doug geralmente foge para um mundo de fantasia quando sofre pressões ou decepções, e se imagina nas mais surreais situações. As vezes é um cowboy, em outra um agente secreto, e até mesmo um super herói, o Homem Codorna!

9934c4fc0a9485fc85b11ceeaac8de1b

Claro que se tratando de um jovem com a imaginação fértil, isso tudo seria normal, se não fosse o fato que essas alucinações ocorrem em publico, incorporando elementos do mundo a sua volta como parte das mesmas. E em muitos desses surtos, Doug simplesmente acaba em situações extremamente embaraçosas, como dançar sozinho no meio de uma festa. Em outros casos, esses surtos envolvem um  risco real de morte, como quando ele começa a alucinar no meio de uma rua movimentada de automóveis ou se imagina como um cowboy audacioso e resolve cavalgar mesmo sem treinamento, um corcel selvagem. Esse moleque é um acidente anunciado, uma bomba relógio prestes a explodir!

Paciente: Gargamel
Doença: Alucinações e transtornos causados por vício em drogas (cogumelos)
Vamos lá. O que é mais fácil de acreditar? Em um velho bruxo usando feitiços para encontrar os lendários Smurfs na floresta, ou em um ermitão que faz uso constante de cogumelos alucinógenos, e por conta disso vive caçando gnomos azuis de estatura diminuta?

Gargamel_Comic_Book

Temos como fato que comprova essa teoria a própria casa dos Smurfs, que tem muita semelhança com um gênero de cogumelo chamado Amanita Muscaria, que possui dos alucinógenos poderosos cujo efeitos englobam desorientação, sono, falta de coordenação e posteriormente euforia intensa, falta de noção de tempo, alucinações visuais e alterações de humor como a fúria.

2006-10-25_Amanita_muscaria_crop
E aqui temos uma verdadeira boca de fumo Smurf!

Agora vejamos os fatos: Gargamel “caça” os Smurfs pela floresta, conversa com seu gato, está sempre envolvido em magias e feitiçarias, e vive com surtos de fúria por nunca encontrar a vila dos famigerados gnomos azuis, apesar de já ter esbarrado nela mais de uma vez. Sintomas claros de alguém em surto alucinógeno causado pelos malditos cogumelos!

Clumsy_Sandwich

E é isso! Vocês podem concordar com o que eu escrevi, ou simplesmente cagar e andar para isso. Afinal como disse, é uma cagação de regra apenas! E para destruir ainda mais sua infância…

13059622975_24b483169a_o
Sim! Tem porn dos Smurfs!

E vou ali!

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1