ciclopeanjo

Sim, eu preciso de dois buchas para fechar um post.

Crianças, dias atrás eu retomei um assunto do qual falei algumas vezes antes, que é como poderes funcionariam na prática. Depois de explanar aos nobres leitores como a Tempestade causaria um desastre toda vez que ela resolvesse voar até a padaria, vamos falar de dois buchas: Ciclope e Anjo

Primeiro, Ciclope. Vamos assumir, só para deixar melhor, que você não é um bucha incapaz de desligar suas rajadas ópticas, ok? Estabelecido isso, vamos definir essas rajadas. Não sãos raios como os do Superman, que geram calor. Ciclope sempre explicou que suas rajadas são concussivas, ou seja, causam impacto, como se fosse um soco. Isso é confirmado pelo fato daqueles que são atingidos sempre serem jogados para trás. Então funcionam muito bem contra um sujeito normal contra o qual você esteja lutando: basicamente você está dando nele um soco de longe com seus olhos.

Talvez com menos charme

Mas tudo isso muda de figura se você tentar atingir, digamos, uma montanha. O Ciclope está sempre abrindo caminho através de portas de aço e coisas do gênero. O que aconteceria se você desse um soco em um morro qualquer? Mesmo que não quebrasse o punho, as leis da física se aplicariam e o morro exerceria em você uma força de mesma intensidade e sentido oposto. Mas como ela é muito mais imóvel que você, ao invés de empurrá-la ou furá-la, você iria para trás. Agora pense nisso: o que aconteceria se você lançasse dos olhos raios ininterruptos a sabe-se lá que velocidade e que geram uma força física empurrando um alvo, digamos, como o Fanático, que não pode ser movido?

ciclope_dies
Ah, aconteceria isso

Ok, então o Ciclope é um bucha que ia acabar sendo morto pelo próprio poder. Mas e o Anjo?

Imagina o tamanho dos carrapatos que deve ter no meio das penas
Recomendação do Sorg

O poder (“poder”… UHAHAHAHAHA!) dele faz sentido, certo? Quer dizer, ele tem asas, com penas, como os pássaros, e pode voar como um. Bom, aqui vou fazer algumas concessões. Vamos dizer que seus ossos sejam menos densos, como os pássaros. E que ele como um todo seja magro, para o conjunto ser bem leve. Ainda assim não funciona. Sabe por que?

Porque ciência além de interessante é deliciosa?

Olhe a imagem acima. Além de ser uma delícia com batatas e farofa, o que chama a atenção? O peito. Os maiores e mais fortes músculos de qualquer ave são os peitorais, sabe por quê? Porque em conjunto com a articulação do ombro, é gerada uma alavanca com força suficiente para causar o empuxo necessário para o vôo.

Ciência!

Agora olhe o Anjo de novo. As asas saem quase do meio das costas. Não tem uma alavanca eficiente, como as dos ombros, e nenhum músculo em ângulo com as asas para puxá-las para baixo. No mundo real Anjo simplesmente não teria como levantar vôo, o que o deixaria na mesma categoria de heróis aviários que não podem voar do Bico.

Porra, Morrison!

Mas tudo bem, porque existe uma versão do Anjo que funciona. Uma que tem o desenho correto, a biologia correta, e não é bucha que nem o Anjo. Quem? Elementar, caro leitor: o Menino de Asas!

E com isso concluímos que a Coleção Vagalume é muito melhor que a Marvel. UHAHAHAHAHHAHAH!!!

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1