E tome tomatinho!

O ator Finn Jones saiu em defesa da série do Punho de Ferro, que vem sendo muito mal recebida pelos críticos, que tiveram acesso aos seis primeiros episódios. Segundo ele, o trabalho foi executado visando agradar aos fãs, não aos críticos. E que estaria em pé de igualdade com as outras séries da parceria Marvel – Netflix.

“Quero voltar pra Game of Thrones…”

Bom, antes de mais nada é bom ver que algumas críticas pecam por ignorância extrema sobre quem é o Punho de Ferro. O The Verge   exagera, ao classificar a série como “racialmente desconfortável” porque… o intérprete do herói não é um ator asiático! Não perder um momento para verificar que o personagem sempre foi loiro e anglo-saxão nas hqs é de uma preguiça nível Fantástico na montagem de uma matéria! Ou confundiram com o Mestre do Kung Fu?

Engraçado… Antigamente, se você dizia que um lutador de artes marciais tinha que ser descendente da Ásia “amarela”, era acusado de estereotipar o asiático. Agora, acho que fazer o contrário é promover a “apropriação cultural”.

Mas outras observações parecem fazer sentido. As principais reclamações se voltam contra o ritmo, considerado excessivamente lento. Há uma trama corporativa que não instiga. O elenco é acusado de atuar de forma monótona. As cenas de luta são excessivamente coreografadas.

Pausa!

Bom, se for assim, não vejo muita diferença em relação aos outros projetos já apresentados pela Netflix com os personagens da Marvel. Jessica Jones e Luke Cage também são arrastadas, com tramas que se estendem desnecessariamente, e um elenco de apoio fraco. Cage ainda peca por não ter vilões carismáticos. E Demolidor, em especial na segunda temporada, tem coadjuvantes forçadamente destacados, com tramas secundárias descartáveis. Também adaptou mal  personagens como Justiceiro e, especialmente, Elektra.

Nem a figurante gostou do que viu…
Recomendação do Sorg

Acho que a Netflix pisou na bola com a escolha do Punho de Ferro. Ele é chato, sem apelo e funcionou em alguns momentos como elemento secundário em hqs de outros personagens. É bom lembrar que, após o anúncio de uma série com o Danny Rand e o sucesso da primeira temporada do Demolidor, o Netflix meio que deixou de lado o projeto, preferindo focar numa segunda temporada com o Diabo da Guarda da Cozinha do Inferno. Não deixa de parecer um “ah, prometemos Punho de Ferro, agora temos que fazer”.

“Em K’un Lun tem uma erva, bicho…”

Uma rápida pesquisa na Enxutolândia deu (eita!) que ninguém está muito à fim de ver esta série. E você? Pronto pro Punho de Ferro?

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1