Sim, tudo bem rapidinho…

Drew Goddard, diretor do vindouro filme da X-Force, deixou claro que o enredo fica em segundo plano quando se trata deste projeto: o que realmente importa é que Deadpool (Ryan Reynolds), Cable (Josh Brolin) e Dominó (Zazie Beetz) estejam no elenco. “Quando penso nas hqs penso em Cable, Dominó e Deadpool (…) Será muito mais voltado para os personagens e meu amor por eles do que por qualquer história ou argumento”, declarou. Bom, este pegou o espírito do Deadpool

“Josh, que tal você ser o Thanos no próximo filme, só pra X-Force mostrar pros Vingadores como se faz e…? Hã? A venda da Fox pra Marvel gorou?”

E tudo indica que, infelizmente, o Coringa de Jared Leto realmente ganhará um filme solo, onde o ator também será produtor executivo. O que não significa que o filme “de origem” do personagem, nas mãos de Todd Phillips, esteja cancelado: os dois projetos ajudarão a trazer para o cinema a confusão que os quadrinhos restabeleceram e a televisão abraçou, chamada multiverso. Desta forma, o obra de Phillips sairia com um “selo” diferente, onde filmes que fogem do universo cinematográfico tradicional que vem sendo pessimamente montado nos últimos anos ficariam alojados. Confuso? Pois saiba que não se faz ainda a menor ideia de quem vai escrever o filme de Leto nem se este vai sair antes ou depois da sequência de Esquadrão Suicida (Suicide Squad,  2016) ou de Aves de Rapina, que pode ou não ter a participação de Leto, já que a Arlequina de Margot Robbie será a estrela neste último. Why, Warner

“É isso aí: vai ter mais filme com o Coringa tatuado, sim, senhor! Chorem!”

E a Sony divulgou o trailer de Homem-Aranha no Aranhaverso, longa em animação computadorizada que será estrelada pela antiga versão ultimate do personagem, mas contará com a participação do verdadeiro original, que tem Peter Parker como alter ego. Gostaria de poder me deter mais um pouco para explicar porque nunca gostei desta versão do personagem, que acho covarde e cada vez mais sem sentido desde que foi incorporada ao universo tradicional, mas, infelizmente, qualquer oposição a Miles Morales é pobremente interpretada como um ato aberto de preconceito, o que é uma bobagem – sem falar em uma desonestidade intelectual – tão grande quanto qualificar uma pessoa melhor ou pior por causa da cor da sua pele (ou gênero, ou opção sexual, ou região em que nasceu, ou religião que professa…). Infelizmente, esta estratégia para “blindar” personagens e obras de qualquer tipo de crítica tem se mostrado acertada – e cada vez mais comum – nos últimos anos.

E a nova produção da franquia de terror Halloween teve divulgado o seu primeiro teaser, que apenas anuncia que nesta sexta, dia 8, sairá o trailer. O novo longa tem como atração o retorno de Jamie Lee Curtis à franquia, como Laurie, e John Carpenter, diretor do original de 1978, que irá compor a trilha sonora. O filme estréia em outubro.

Recomendação do Sorg

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1