O Programa Arma X está de volta… e está atrás de um VELHO conhecido.

Décadas atrás, um experimento militar clandestino tentou criar o soldado perfeito, resultando na criação de Super-humanos poderosos, porém instáveis. Desde então, a ciência e a tecnologia de ponta utilizados no programa que mais tarde, veio a ficar conhecido como Arma X, criou os assassinos e mercenários mais mortíferos e perversos do mundo. Achava-se que ele havia sido encerrado, mas… Lady Letal foi sequestrada por uma misteriosa organização governamental (como vimos em X-Men Prime #1) e isso pode indicar que os rumores sobre o encerramento do Programa Arma X possam ter sido um pouco exagerados.

O Mutante conhecido como O Velho Logan está de boa comungando com a natureza quando derrepentemente, os animais que estavam perto dele fogem assustados por algo ou alguém. Um homem e uma mulher surgem. Eles tentam disfarçar o medo por encontrar alguém no meio do mato, mas Logan fareja o medo deles dentre os vários odores que eles exalam. Logan pergunta se eles estão sem mapa e eles confirmam, dizendo que meio que se perderam e estão sem sinal de celular ali. Logan indica o caminho para os dois. Eles agradecem e se afastam mimizando que foram salvos pelo maluco da montanha. Logan os observa se afastarem captando o cheiro do alivio deles e mimimiza que são apenas crianças se metendo em encrenca na floresta e que precisa se lembrar que nem todos são soldados nessa guerra. Será?

Logan é trespassado por uma lâmina enquanto o seu agressor diz: “Esqueci de pedir mais um favor, Mutante… morra!!!”. Os dois se transformam em algum tipo de ciborgues e atacam Logan com tudo. O velho carcaju se pergunta como diabos pode deixar algo assim se esgueirar pra cima dele e conclui que aquelas eram coisas novas e que ele não poderia ter captado aquelas lâminas ou farejar o ódio deles. Logan está sendo despedaçado pelos ciborgues e percebendo que a parada tá ruim pro lado dele, mete o pé seguindo o curso do rio e ao alcançar uma queda d’agua, se joga e desaparece sob as aguas. Seus perseguidores vão em seu encalço e ao detectarem sangue na água, atacam e descobrem que Logan deixou um pedaço dele mesmo como isca e se mandou.

Em uma caverna longe dali, Logan está muito ferido e cai. Lembranças de como os seus ossos foram cobertos por Adamantium no Programa Arma X vem à tona e ele mimimiza que as coisas que o atacaram eram feitas do mesmo metal e se pergunta que os teria enviado. “Arma X? Arma Extra? Ladrões?” – ele lista os possíveis responsáveis pelo ataque e logo depois mimimiza mentalmente: “A única coisa que eu sei, é que uma daquelas criaturas tinha lâminas de 60 centímetros nas unhas. Lâminas de Adamantium. E só conheço uma pessoa no mundo que tem algo dessa natureza… Yukiro (a.k.a. Lady Letal).

E corta pra… Localização: Confidencial: Yukiro está pelada/nua/sem roupa e inconsciente em um cilindro de vidro cheio de um liquido estranho. Alguns homens próximos dela estão mimizando sobre a pizza que chegou errada quando derepentemente, ela desperta. Os guardas ficam impressionados com o fator de cura dela. Yukiro tenta se libertar, sem sucesso. Um dos homens diz que os vidros são feitos de Adamantium e por isso, ela não pode passar. Com suas unhas de Adamantium, Yukiro rabisca um recadinho no vidro: “Vou matar todos vocês”. Os caras se borram dentro das roupas isoladas, mas tentam disfarçar. Outro cara chega portando uma mala escrita “Logan” e diz pra eles não se preocuparem, pois não terão que suportá-la por muito mais tempo. Ele diz ainda que os operadores de campo não pegaram o “animal” inteiro, mas que ali estavam algumas gramas do Wolverine. Ao fundo, podemos ver três cilindros com os seguintes nomes: “Dominó”, “Apache” e Dentes-de-Sabre”. O cara diz: “Dois já foram. Faltam três”.

Corta pra Yakima, em Washington: Logan está em um Ciber Café pesquisando alguma coisa. Um cara reclama que ele não larga o computador. Alheio à essa treta, Logan mimimiza mentalmente que nunca se sentiu tão ameaçado em toda a sua vida. Ele fareja o ambiente e constata que todos têm cheiros normais, mas que poderiam ser uma daquelas coisas. Logan diz que terminou e o cara que reclamou diz que ele estava pesquisando sobre Mutantes e pergunta qual o problema dele. Logan tem vontade de arrancar a cara dele e vislumbrar o metal reluzente enfiado nele, mas mete o pé e mimimiza mentalmente que em breve, terá tempo para tudo isso.

Em sua moto, ele mimimiza que as criaturas o arrebentaram e que ele não pode mais bater de frente com eles assim. “Preciso ser esperto. Bolar um plano…” – ele mimimiza na sua cachola enquanto desce da moto e adentra a pé na floresta. Ele fareja algo, segue o rastro e se depara com um urso morto com marcas de garra pelo corpo. “Achei” – ele diz e desembainha as garras. Logan encontra uma cabana e antes que possa fazer algo, é atacado por Dentes-de-Sabre. Logan grita que não veio brigar. Dentes-de-Sabre diz que não acredita. Logan diz que ele sabe muito bem quando ele está falando a verdade. “Eu não sei mais de nada” – responde Dentes. Logan diz que pegaram ele de jeito e Dentes pergunta o que ele sabe. Logan conta a treta que aconteceu com ele e pergunta como foi a dele. Dentes diz que a que veio atrás dele era só uma criancinha e que o rosto dela se partiu no meio e milhões de garras surgiram.

Logan entra na cabana de Dentes e diz que ele tá um lixo. Dentes abre a camisa, mostra que tá todo detonado e que leva tempo para regenerar metade dos órgãos internas e centenas de quilos de músculos. Logan procura algo pra comer enquanto propõe que eles se unam, pois quase não sobreviveram ao confronto direto com aquelas coisas sozinhos. Dentes diz que tem tentado mata-lo há centenas de anos e pergunta o que diabos o faz pensar que se uniria à ele. Logan diz que poderia fazer um discurso sobre sobrevivência dos Mutantes ou aquele papo de “Inimigo do meu inimigo” ou ainda, falar sobre o que fizeram para transformar aquela criança que o atacou naquela coisa, m as revela que deixou quatro câmeras de segurança pegar o rosto dele no caminho dali, portanto, ele só terá que esperar alguns minutos. “O quê?” – pergunta Dentes.

De fato, nesse momento, uma das criaturas surge e diz: “Morram, Mutantes!”. Dentes diz: Logan, seu filho da…”. Logan desembainha as suas garras e diz: “Estamos juntos nessa ou não?”. E com isso, chegamos ao fim dessa edição. Vámonos às análises?

Essa edição número um de Arma X ficou à cargo de dois velhos conhecidos da Marvel e dos X-Men: O roteiro ficou à cargo de Greg Pak e a arte, ficou à cargo de Greg Land (com arte-final de Jay Leisten e cores de Frank D’armata).

Falando do escritor, sabem que eu gostei da história? Gostei de como os personagens foram apresentados e do desenvolvimento do enredo. Senti vontade de ler a próxima edição. Nota 7,0.

Os desenhos estão apenas ok. Eu já gostei da arte do Greg Land no passado, mas o seu traço está estranho e talvez não tenha envelhecido bem. Nessa edição, até que não está tÃÃÃo ruim assim… talvez seja mérito (ou culpa) do arte-finalista e do colorista. Nota 6,0.

Bem, Enxutada… taí a Resenha Enxuta de Arma X V3 #01. O que acharam? MIMIMIzem aê nos comentários.

Olha… eu me surpreendi positivamente com essa edição e com certeza, lerei a seguinte. Quem leu as minhas resenhas X-Men: Gold e X-Men: Blue, deve ter percebido que não gostei muito do que li e vi…  e devo dizer que já vim com ódio no coração e sangue nos olhos para resenhar Arma X, pois achava que a ideia e os argumentos sobre isso já estavam datados e saturados, mas posso dizer que dos títulos já lançados que fazem parte da iniciativa RessurXion, esse foi para mim o melhor. Aqui me despeço, deixando uma imagem bônus para os inúmeros fãs, adoradores e fieis seguidores do grande mestre:

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1