Elektra. Mercenário. S.H.I.E.L.D. Maria Hill. Tentáculo. Dragão. O bicho vai pegar!!!

Na edição anterior (resenha aqui) vimos Elektra invadir uma base secreta da S.H.I.E.L.D. para conseguir o nome do Liga dos Assassinos que está na mente de um dos seus inimigos mais antigos que estava sendo mantido preso no local em estado: O Mercenário. Só que o Tentáculo surgiu na parada, capturou o Mercenário e melou os planos de Elektra. A Diretora Maria Hill propõe um acordo com Elektra: a mercenária ajuda a recuperar o Mercenário e em troca ela poderá vasculhar a mente do meliante em busca das informações que precisa. Elektra topa. Vamos ver a sequencia desses acontecimentos nesta edição intitulada “Veneração: Parte 2”. Vamos lá?

Elektra (2014-) 009-000

O Nexo entre todas as realidades, Everglades, Flórida: Em sua busca pelo Mercenário e o Tentáculo, Maria Hill (junto com Elektra) contatou uma Bruxa que todos julgam ter sido assassinada por um Bruxo tentando se livrar da concorrência: Jennifer Kale, a Guardiã mística do Nexo. Ela pergunta se o que elas estão mesmo procurando é um Dragão, um Wyverne (criatura alada que parece um Dragão), um metamorfo ou mesmo um dinossauro. Caso seja um Dragão, a Bruxa afirma ser capaz de encontra-lo… se não for, o feitiço será um desastre, pois quando uma Magia poderosa dessas dá errado… “Dói bastante” – dia a Bruxa enquanto baixa o capuz que lhe oculta a cabeça e revela metade da sua face terrivelmente desfigurada. Hill se lamenta dizendo que não sabia daquilo e a Bruxa diz que aquele é o preço que pagou por usar Magia Negra para voltar dos mortos. “Mas a morte não é nada perto do que estou prestes a oferecer à você, Elektra” – diz a Bruxa.

Elektra (2014-) 009-003

Recomendação do Sorg

Hill pergunta o que é aquilo. A Bruxa responde que é a chave para localizar o Tentáculo e o Dragão deles. “Um coração de Dragão?” – pergunta Elektra. “Sim. Meu mentor recuperou da antiga Atlântida. Tem muitos séculos de idade, mas eu acho que ainda vive… espero que esteja com fome” – responde a Bruxa. Elektra pergunta se ela quer que ela o coma e a Bruxa responde: “Como eu disse, Magia Negra tem os seus problemas”. “Elektra mimimiza mentalmente: “Em algum lugar, Lábios Sangrentos está rindo de mim. O coração tem gosto de bile e terra… E o sangue do Dragão cheira à fumaça e lixo”.

Elektra (2014-) 009-004

Imagens caóticas surgem: “Manhattan? O Tentáculo veio para Nova York?” – pergunta Elektra. “Não. Pense nisso como um pedágio fantasma. É aqui que você vai pagar pela passagem para onde o Tentáculo está escondido” – responde a Bruxa. O Demolidor surge e Elektra leva um lero com ele (na verdade, são memórias de algo que supostamente aconteceu). Ele conta que não pode mais ser advogado em a Nova York e que está se mudando para São Francisco. No mimimi mental que rola, Elektra diz à Bruxa que disse para que ele fosse, mas que queria ter pedido para ele ficar. As imagens mostram Matt pedindo para ela ir com ele, mas mesmo querendo ir, Elektra não aceita a proposta e pergunta se ele a ama “Sim. É claro… mas não da forma que você me ama” – ele responde. “Adeus, Mathew” – diz Elektra. “Uau. Eu quase consegui escutar…” – diz a Bruxa. “Escutar o quê?” – pergunta Elektra. “O momento em que o seu coração se quebrou pra valer” – responde a Bruxa. “Sofrimento é chave… o portão se abriu. Vá em frente. Você mereceu” – diz ela.

Elektra (2014-) 009-005

A Bruxa retorna sozinha e Hill pede que a envie para onde Elektra está. A Bruxa responde que a menos que ela consiga outro coração de Dragão, aquele era a única passagem. Hill pergunta para onde ela foi e como a encontram e a Bruxa responde que ela deve programar os satélites para procurar por um oceano de sangue. “Estou no Inferno” – mimimiza Elektra enquanto vê o Tentáculo batizar o Mercenário numa nascente Japonesa de aguas quentes cor de sangue devido ao ferro mineral. Elektra se pergunta onde está o Dragão e ouve a resposta em sua mente: “Aqui”. Elektra pergunta se pode ouvir os pensamentos dele e o Dragão responde que sim e que enquanto ela estiver em seu poder do coração do seu Ancestral, ele está sobe o comando dela. Elektra diz que ele está livre para partir, pois são os mestres dele que ela quer matar. O Dragão diz que ele deseja o mesmo, pois o Tentáculo o trata como escravo. “Me siga, e vamos devorá-los juntos” – ele diz.

Elektra (2014-) 009-007-tile

E é o que eles fazem: Elektra pergunta mentalmente ao Dragão sobre os seus mestres enquanto eles caem pra dentro dos ninjas. “Os dois irmãos. Inochi (de branco) e Shibou (de preto). Vida e Morte” – responde o Dragão.  “A morte já teve sua chance comigo” – diz Elektra. “Por enquanto” – retruca o Dragão. Os irmãos fazem os seus paranauês místicos no Mercenário. “Falta muito?” – pergunta Shibou. “Não sei… o corpo está tão quebrado. Eu preciso de mais tempo.” – responde Inochi. “Então eu vou segurá-los enquanto eu puder” – diz Shibou.

Elektra (2014-) 009-009

E o massavéio continua: Shibou cai pra dentro de Elektra. “Shibou não fala nada enquanto ataca”. “Tudo o que ouço é a Kusari Gama dele rasgando o ar”. “Osso contra osso”. “O Dragão não é o único mostro aqui” – mimimiza mentalmente Elektra durante o combate.

Elektra (2014-) 009-010

Finalmente Elektra trucida Shibou e seu irmão vai pra cima dela, mas se fode dá mal. Elektra o derruba com a arma do irmão e diz à ele que vai permitir que ele viva apenas para que leve uma mensagem para o Tentáculo: “O Mercenário é meu. E eu vou mutilar qualquer um que tentar tirar ele de mim. Como fiz com seu ”Irmão”.  Elektra parte e Inochi ampara o irmão todo fudido ferrado e diz à ele que ele conseguiu todo o tempo que ele precisava. “Ele acordará… o Mercenário já está curado” – ele diz.

Elektra (2014-) 009-015

Corta para o Himalaia, onde Kento e Corvo Encapuzado avistam uma criatura se aproximando da sua localização. Ao observarem mais atentamente, conseguem perceber Elektra montada no Dragão. Corvo percebe que o Dragão está se aproximando rápido demais e manda o filho se abaixar. O Dragão os derruba com seu pouso e Elektra manda Kento se levantar, pois ela e ele vão fazer uma viagem. “O que? Pra onde?” – pergunta Kento ainda atordoado. “Dentro da mente do Mercenário” – responde Elektra. E é o fim dessa edição.

Elektra (2014-) 009-016-tile

Comecemos as analises pelo roteiro: W. Haden Blackman entrega um roteiro interessante, introduzindo (epa) elementos clássicos do passado de Elektra (Matt Murdock aka Demolidor e o Tentáculo) e elementos de magia e fantasia. Gostei do Dragão, dos paranauês místicos do Tentáculo e da ação imprimida na história. Um bom roteiro enfim. Nota 8.5

Já na arte, Michael Del Mundo dá um show à parte, a começar pela capa que considero uma das mais bonitas de toda a série e também da Marvel nos últimos anos. E a arte é mesmo o ponto forte desse run de Elektra. Del mundo consegue imprimir realismo, surrealismo e ação com seu belo traço. Na parte em que Elektra “come” o coração do Dragão para descobrir a localização do Mercenário, essa ação me remeteu à minissérie “Elektra Assassina”, de Frank Miller e Bill Sienkiewicz, na qual Elektra bebe do leite da Besta para descobrir os planos do Tentáculo.

197

Teria acontecido algum tipo de homenagem ali? Não sei… só sei que a arte de Del Mundo é fantástica e na minha opinião de merda, ele é um dos melhores desenhistas dessa nova safra que tem surgido nos últimos anos. As cores ficaram à cargo de Marco D’Afonso  e combinam perfeitamente com a arte de Del Mundo. Nota 9.5

Bem, é isso. Até a resenha da próxima edição. See ya Later, bitches!!!

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1