E bora falar de livro de novo.

Queridos analfabetos funcionais, hoje eu lhes trago uma leitura deveras atrativa e interessante que, ao contrário das costumeiras resenhas de livros cedidos pela querida Editora Aleph, desta vez nos foi presenteada pela Suma das Letras depois de eu ter lhes enviado alguns dados como número do cartão de crédito e coisas sem importância do tipo.

Pois bem, antes de começarmos o mimimi, vamos à nossa costumeira sinopse retirada do site da editora:

Parte ficção científica, parte thriller, Gigantes adormecidos é uma história viciante sobre a disputa pelo controle de um poder capaz de engolir todos nós.

Rose passeia de bicicleta pelo bosque perto de casa, quando de repente é engolida por uma cratera no chão. A cena intriga os bombeiros que chegam ao local para resgatá-la: uma menina de onze anos caída na palma de uma gigantesca mão de ferro.

Dezessete anos depois, Rose é ph.D em física e a nova responsável por estudar o artefato que encontrou ainda criança. O objeto permanece um mistério, assim como os painéis que cercavam a câmara onde foi deixado. A datação por carbono desafia todas as convenções da ciência e da antropologia, e qualquer teoria razoável é rapidamente descartada.

Quando outras partes do enorme corpo começam a surgir em diversos lugares do mundo, a dra. Rose Franklin reúne uma equipe para recuperá-las e montar o que parece ser um robô alienígena gigante quase tão antigo quanto a raça humana.

Mas, uma vez montado o quebra-cabeças, ele se transformará em um instrumento para promover a paz ou causar destruição em massa?

Parte ficção científica, parte thriller, Gigantes adormecidos é uma história viciante sobre a disputa pelo controle de um poder capaz de engolir todos nós.

A primeira coisa a se destacar de Gigantes Adormecidos do canadense Sylvain Neuvel é a narrativa que foge da prosa habitual em primeira ou terceira pessoa. No livro nós nos deparamos com entrevistas que são alternadas com partes de diários, relatórios e reportagens jornalísticas. As entrevistas compõe noventa por cento da narrativa e são conduzidas por um personagem misterioso. Sem nunca revelar nome, cargo ou posto, esse homem que demonstra grande influência e poder, interroga os outros personagens da história como a Dra. Rose Franklin, os pilotos Ryan Mitchell e Kara Resnik, o linguista Vincent Couture, etc.

A trama começa com a descoberta da gigantesca mão metálica e gira em torno do descobrimento das outras partes do corpo, seu funcionamento e utilidade. Partindo disto, Neuvel consegue de forma competente mesclar os gêneros thriller e sic fi sem nunca deixar a peteca cair, transformando as 328 páginas de leitura em uma aventura de tirar o fôlego. Ao mesmo tempo que vamos acompanhando a “construção” da armadura alienígena, vemos o cenário político mundial girar 180 graus. Como Arthur C. Clarke em Fim da Infância e Alan Moore em Watchmen bem descreveram, a chegada de um fator externo à zona de conforto da humanidade muda conceitos e dogmas profundamente enraizados na sociedade.

Indo para os finalmentes, o livro é muito bom de fato e foi um achado (eu e Mamãe Sorg compramos na Amazon só pela sinopse). A narrativa tão diferente do usual se mostra muito eficiente já nos primeiros capítulos e não impede que os personagens sejam extremamente bem construídos e desenvolvidos assim como os diálogos, fator crucial na escrita escolhida pelo autor. A trama se desenrola de forma orgânica e satisfatória e nesse primeiro volume, Neuvel já pincela algumas explicações para os vários mistérios da história mas a grande maioria das respostas se mostra dúbia e incertas. Como isso não fosse o bastante para aguçar a curiosidade do leitor pela continuação, há um epílogo de 04 páginas que te faz desejar desesperadamente o livro seguinte. Gigantes Adormecidos é o primeiro do chamado Arquivo Themis que ainda está em desenvolvimento pelo autor e o segundo livro, Waking Gods, tem previsão de lançamento no próximo mês (informação retirada no site do autor. Não há nada no site da editora sobre o lançamento no Brasil).

Recomendação do Sorg

Gigantes Adormecidos (Sleeping Giants) por Sylvain Neuvel, 2016, 328 páginas, brochura, R$39,90

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1