Na edição anterior de Inumanos vs X-Men (resenha aqui), vimos o Inumano Mosaico possuir o Ciclope 9vinho e escapar do Refúgio X, mas ao revelar o que descobriu aos seus companheiros, os leva a questionar quem são os mocinhos. Vamos descobrir o que acontece nessa penúltima edição?

O Mundo, Instalação de pesquisas autocontida e lar do programa Arma Extra. Karnak está tentando fugir do lugar, mas Fantomex entra em ação para impedi-lo. O dois “fazem na mão” e Karnak se livra de Fantomex com um chute e diz que é só uma questão de tempo ele escapar dali. Jean Grey 9vinha diz para Fantomex não se preocupar, pois pode impedi-lo de novo, mas Karnak consegue pôr Jean fora de combate. Fantomex parte mais uma vez pra trocação com Karnak, mas o Inumano leva a melhor novamente e com um golpe, faz o Mutante atravessar o chão e cair de uma altura considerável. Fantomex solicita a ajuda de Eva. Ela efetua o resgate enquanto Karnak vai até eles e deduz que a geringonça perto deles é um tipo de sistema nervoso externo. Karnak mimimiza que só é preciso acertar o nervo certo e é o que ele faz ao encontra-lo. Karnak diz que precisa encontrar uma saída do lugar e se depara com Dentinho que se encontra adormecido.

Recomendação do Sorg

Corta pro Refúgio X, no Limbo: Colossus e Gorgon estão se enfrentando. Gorgon percebe que a batalha não será fácil e diz para Medusa ir até a oficina do Forge e encontrar Raio Negro enquanto ele segura Colossus. Medusa, os Inumanos e o bucha do Johnny Storm vão em busca de Raio Negro. Medusa diz que o seu ex está ali, pois pode senti-lo. “Tem razão, Medusa. Ele está aqui. Por enquanto.” – diz Destrutor, que está ao lado da estranha prisão de Raio Negro. Ela pergunta o que destrutor está fazendo e ele responde “Tenho que desenhar?” (não com essas palavras) e diz pra ela ficar onde está, pois não está blefando. Medusa diz que acredita nele, pois afinal, Raio Negro matou Ciclope. “Pelo que soube, por comando seu” – diz Destrutor. Medusa diz que deu o comando, mas que o irmão dele não lhe deixou escolha e diz crer que aquilo era o que ele desejava. Medusa manda a real: diz crer que ele matará pela memória do irmão e pergunta se está disposto a morrer por isso. Apesar de dar várias justificativas para a sua decisão, a verdade é que Destrutor… ARREGA!!! CUZÃO!!!

Corta pra Nova Jérsei: Forge faz um desenho da sua Máquina Devoradora de Terrígena no chão e diz que ela era daquele jeito antes de ser explodida. Iso diz a Forge que não entendia nada antes, pois tudo o que sabia, é que estavam atacando a Névoa Terrígena sem ter ideia do contexto geral. “Se eu soubesse…” – ela diz e Forge a corta antes dela terminar a frase: “A teria destruído mesmo assim.”. Iso responde que não estaria certa disso, pois a situação não era como ela pensava. Derepentemente, a Garota Lunar faz uns paranauês no desenho do Forge e miniaturiza o projeto. Ela explica que eles não têm tempo de construir uma máquina gigante já que a Névoa está a caminho, mas uma pequenina, eles podem fazer. Iso pergunta se não dá para fazer duas delas. A Garota Lunar responde que se houvesse material, sim… mas não há. Forge diz que eles precisam de uma oficina mecânica ou algo parecido. Iso sugere a Ennilux. Rede pergunta a ela se o filho de Medusa ajudará e Iso responde que Ahura deve a ela. Uma parte do grupo vai para a Ennilux construir a máquina e a outra parte vai encontra-los no próximo local da aterrisagem da Névoa Terrígena. Rede pergunta a Iso se ela vai ativar a máquina e que isso, seria o oposto de tudo contra o que Medusa vem lutando. “Sei disso, Rede. Sei disso.” – ela responde.

De volta ao Mundo: Karnak está meditando ao lado do adormecido Dentinho, quando derepentemente, Sinapse e Leitor aparecem no pedaço. Eles põem Karnak a par dos últimos acontecimentos. Ele diz que eles precisam acordar Dentinho. Sinapse diz para deixar com ela, pois seus poderes funcionam com animais. Ela consegue despertar o Inumano. Corta pra Islândia, local da aterrizagem da Névoa Terrígena: Ciclope pergunta a Rede por que o pessoal dele os está ajudando, já que eles atacaram o lar deles e levaram metade do seu povo como prisioneiros. Rede responde que não sabe o que vão fazer e quanto aos motivos, diz que eles não são monstros. Mosaico interrompe o papo dos dois e diz que precisa falar com Ciclope um instante, pois tem algo para contar a ele. Miss Marvel diz aos amigos que o lugar é adorável e ia dizer também que era pacífico, mas é interrompida pela chegada de um numeroso grupo de X-MenTempestade manda seus aliados terem calma, pois os Inumanos podem não saber o que fizeram. Ciclope diz: “Eles sabem exatamente o que estão fazendo, Tempestade… (ele abre o seu visor e desfere uma rajada que atinge Emma Frost) e eu também.”

Corta pro Refúgio X: Colossus derrota Gorgon e corre para a oficina de Forge. Lá, ele encontra Destrutor e pergunta o que houve. Ele responde que um cara chegou com um cão teleportador e os levou. “Ele matou o seu irmão e o deixou ir?” – pergunta Colossus. “A outra escolha seria assassiná-lo a sangue frio. Devo muito ao meu irmão, mas isto, não devo a ele.” – responde Destrutor. Ele chama Colossus para procurar algum tipo de geringonça teleportadora na oficina de Forge. Corta pras Filipinas: Cristalys pergunta a Medusa como Raio Negro está. Ela responde que ele está vivo, mas nada bem. Ela mimimniza que Forge e os Mutantes fizeram algo a Raio Negro, pois ele não consegue acessar sua voz. Karnak pergunta a Frank McGee se ele obteve sucesso em contatar outros grupos de Inumanos. Ele responde que não. Karnak diz que ele levou tempo demais para se libertá-los e que precisa de informação, pois o conflito com os Mutantes era falho desde o começo e ele suspeita que alguns eventos podem ter iniciado uma fratura.

Corta pro quebra-pau na Islândia: Emma ataca Ciclope antes dele conseguir terminar de dizer que sabia o que ela fez. “Pare aí mesmo. Ele é um Campeão” – diz Miss Marvel, partindo pra cima dela. Inferno manda Mosaico, Tremor e Rede atacarem. Mosaico possui Tempestade, enquanto Rede ataca Magneto. Magneto desdenha do ataque do Inumano e diz que há um Mestre do Magnetismo presente e não é ele. Magneto olha para o horizonte e diz: “Idiotas. Não temos tempo para isso. Já consigo sentir o fedor da Terrígena no ar. Todos vocês! Mutantes! Inumanos! Acho que… já tivemos o bastante.”. Com um gesto, Magneto lança o Pássaro Negro contra Mutantes e Inumanos e com isso, chegamos ao fim dessa edição.

Analise bate-pronto: Essa edição foi a mais arrastada e fraca na minha opinião. Soule e Lemire encheram linguiça legal, mas a história não foi de toda ruim. Nota 6,5

Javier Gaarón (arte) e David Curiel (cores) fazem um belo trabalho, dada a enorme quantidade de personagens e cenários. Nota 7,5.

Bem, Enxutada… taí a Resenha Enxuta de Inumanos vs X-Men #5. O que acharam dessa edição? MIMIMIzem a vontade nos comentários. Até a próxima resenha e fiquem com um preview da edição #6 que mostrará o final do confronto entre Mutantes e Inumanos:

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1