Secret Wars acabou!!! Acabou!!!

Voltei dos mortos para fazer essa resenha da última edição da Secret Wars, e confesso que  foi melhor do que pensei. Para quem não leu Secret Wars 8, clique AQUI.

Secret Wars
Secret Wars edição final

A edição começa com Deus Destino conversando com Namor e o Pantera Negra. Destino acusa Pantera Negra de arquitetar tudo aquilo, dialogando sobre como os dois sabem como que é ser governante de algo e que, se eles se unissem ao Destino, eles poderiam trazer Wakanda e Atlantis de volta. Pantera diz que para trazer Wakanda de volta precisaria de uma visão que Destino não tem. Destino replica com um “E você tem?”

1

Pantera Negra de despede de Destino e o congela. Namor joga seu tridente contra Destino e o despedaça. Namor diz que não pode ser tão fácil assim e Pantera concorda. Em uma cena like Exterminador do Futuro 2, Destino volta.

2

Destino diz que agora ele tem sua atenção, sendo o início da luta entre Deus Destino e as Joias do Infinito!

Daqui para frente a história é uma mistura de conflitos de vários tipos de vários jeitos do Destino com o Pantera Negra e com os Richards conversando com Susan e o fato dela não lembrar do marido.

3

Os Reeds entram na caverna do Dadá, com muito luççç na caverna onde está o Homem Molecular e ele pede por comida, de novo.

4

The Maker se espanta que ele seja a “bateria” do Destino, sacando algo de dentro de sua roupa e apontando para o Reed, fazendo-o envolver com uma bolha. Maker diz que Reed é um fraco e que essa bolha é uma “máquina do tempo” ao contrário, onde Reed começa a regredir para o estado de macaco, e termina o discurso perguntando quem é que está interessado em um Deus fraco? Homem Molecular retruca “Eu” e transforma Maker em fatias, como pizza.

5

Homem Molecular diz para Reed se recompor, porque em breve Destino estaria lá.

Enquanto isso, Destino dá uma surra no Pantera Negra. até que o Pantera sorri para Destino, fazendo com que ele percebesse que tudo aquilo era uma distração.

6

Destino se teleporta para a entrada da caverna do Homem Molecular, onde Susan e Valéria estão. Susan indaga se é tudo verdade o que acabara de escutar. Destino diz para ela confiar nele e ela retruca ” como o Stephen Stranger confiou?”. Destino abaixa a cabeça (como todo o marido após a mulher ter razão) e entra na caverna. Destino se encontra com Reed, onde pergunta sobre qual será o grande plano de Richards agora? Reed replica que não tem um, somente foi lá para conversar com o Homem Molecular e achar uma melhor solução. Destino diz que a vida toda Reed tentou fazer o bem, mas ainda sim não conseguiu salvar sua própria família. Destino, com um estalar de dedos, se despede de Reed.

7

Porem, nada acontece. Homem Molecular pergunta se Destino trouxe alguma comida, para a negação do mesmo. Então os dois saem na porrada de igual para a igual, sem poderes divinos.

8

A porrada come solta, com os dois retrucando sobre família e sobre ser um Deus. Destino afirma que Reed acha que ele é melhor que ele, e Reed afirma que sim e que Destino sabe bem que é verdade. Reed continua replicando, falando sobre como Destino poderia ter feito melhor e ele sabe disso, e Destino confirma que Reed é sim melhor que ele. Homem Molecular, que tudo ouvia, diz que se ambos estão de acordo….

9

…e começa um mundo novo…

10 11

Pantera, ao esmagar uma da joias (realidade), faz com que ele acorde em uma Wakanda mais tecnológica, mais espacial, direcionando esse final para a nova fase do Pantera Negra na revista “The Ultimates”.

12

Oito meses depois, O Universo Marvel – a Terra primordial.

13

Mostra Morales no topo do prédio, lembrando o momento que ele entregou um Hamburguer para o Homem Molecular, onde o mesmo diz que estava devendo uma para ele. Isso explica a atua fase do Homem Aranha Morales, onde ele está morando com sua mãe e agora está trabalhando lado a lado com o Homem Aranha Peter.

14

Corta novamente para Susan, Reed e todo o elenco do Quarteto (menos Coisa e o Tocha), onde Valéria explica que o Homem Molecular é um ser onipotente que precisa ser usado por um indivíduo (hummmm), no caso agora, o Reed. Com a ajuda de Franklin, que é um criador universal, estão criando universos inteiros.

15

Homem Molecular está separando um pouco do seu “eu” e está enviando junto com esses universos para retomar o equilíbrio.

16

Agora o Quarteto Fantástico é o responsável pela criação desse novo Universo Marvel, sendo responsável também por catalogar e observar todos os universos existentes. Eles são algo mais que heróis.

17

E por último, mostra o castelo do Destino, em Latvéria. Destino sai de seu castelo, lembrando algumas coisas do que aconteceu e tira sua mascara. Homem Molecular, em seu último ato de gratidão com Destino, muda seu físico queimado pelo normal. Destino muda totalmente de atitude. Agora ele acredita na expansão, acredita na tolerância. Você não vê? Tudo vive.

18

Um final bem melhor do que a enrolação das últimas edições. Desenhos do Esab Ribic, apesar dos problemas com feições, são lindos e completa muito bem o enredo do Jonhathan Rickman. Enredo esse muito bem estruturado, que infelizmente sofreu com a enrolação da saga. Muito comprida, enrolada. Daria para colocar esse enredo em umas 5 ou 6 história SIM! O final compensou um pouco minha angústia desses meses.

Um final um tanto filosófico, digamos assim. O Quarteto sempre foi a primeira família e o primeiro grupo da Marvel e parece que isso foi totalmente usado por eles, fazendo a família ser a nova estrutura do novo universo. Homem Molecular foi um “Deus” justo o tempo todo, afinal. Namor só fez presença mesmo, porque não resolveu nada. Pantera Negra foi no final um grande herói do seu povo. Uma das coisas que me incomodam nesse novo universo Marvel são os vilões não serem tão vilões assim, afinal Galactus e Destino agora são “mocinhos”…

Enfim, uma nota 8 para o final dessa edição e um 7 para a Secret Wars como um todo. Precisa de mais mega sagas? Para os fãs old, não, mas para a Marvel, claro! $$$.

 

 

 

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1