Resenha Enxuta – Superfilhos #02

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    Good resenha, GRUUT!

  • JJota

    Ver isso me faz me sentir naqueles idiotas anos 50, onde todo tipo de história estapafúrdia tinha espaço por conta da vigilância do Comic Code.

    Daqui a pouco tem um título com o bat-cão, o super-cavalo e… Não, pera!

    • Eduardo

      Mas nos anos 50 não podia ter um “di menor” chacinando a própria família, a não ser nos Contos da Cripta.

      E para os “Melhorzinhos Do Mundo” ficarem djóia, a Sarah vira a Menina Maravilha e eles formam a Trindade Mirim…

      • Nessa história, o Jon pergunta por que binino Damião não o convidou para os Titãs. Ele responde: “Lá, eles não aceitam crianças.”. O Tomasi tá trabalhando bem o contraste entre a arrogância do Damian com a ingenuidade do Jon. Tô curtindo as histórias, mas bem que o Jon podia mesmo fazer parte dos Titãs pra gente não precisar ter mais uma revista com esse pé no saco do Damian.

  • Frogwalken

    E aí o Superpai faz um favor a HUMANIDADE e quebra o pescoço do Damian! =P

    Curti a história e boa resenha, Gruut! =D

  • O_Comentarista

    Tá muito legal essa química da dupla, onde um é escroto e o outro o ingênuo.

    • Sim, também estou gostando da “quimica” reversa entre esses dois.

%d blogueiros gostam disto: