O Pai de Família (Que Delícia, cara!)

Salve, salve, cambada de Enxutos e Enxutetes que já não curtem mais cuecas por cima das calças. Eis que, como fruto de um sufrágio universal aqui no BdE, o Superman ganha sua oportunidade de mostrar a que veio. Antes de mais nada, para se ambientar, releia a Resenha de Superman: Rebirth aqui.

SM-Cv1-ds-86ef5

Aos spoilers. Como visto no preview, Superman pré N52 presta suas homenagens ao finado Superman N52 (vá e não volte). De fato, a grande questão aí foi o misterioso efeito resultante do contato de sua mão com o solo, levantando novamente a questão do Senhor Oz da DC Universe Rebirth: Esse cidadão aê é mesmo quem ele (e nós) pensa que é?

SM-1-2-3-f9cd6

Filosofias a parte, vida que segue e Clark salva alguns animais de um incêndio causado por um raio na sua fazenda, tudo isto sob o olhar de um orgulhoso filho. O dia seguinte é o cotidiano. Lois ‘Smith’ reclama que novamente Clark teve uma blusa destruída e Jon, o Super Filho, pede antes de sair para brincar com sua gatinha que seu pai o espere para reconstruir o celeiro. Super Pai recomenda somente cautela ao brincar, em especial sobre os poderes que começam a surgir com o menino.

Recomendação do Sorg

RCO009_1465978358

Enfim, logo de cara, uma águia surge ao encalço da gata do moleque assim que saem para o descampado. Jon tenta espantar a ave, sem sucesso. Em desespero, não consegue controlar seus sentimentos e acontece isso…

RCO012_1465978358

… para surpresa de uma jovem menina que, atônita, tudo assiste. O moleque retorna para casa taciturno, mas nada comenta sobre o acontecido. Eis que mais tarde, como política de boa vizinhança, o pai da guria a manda na casa dos ‘Smiths’ para entregar-lhes leite. Fica aquele clima. O moleque nitidamente desconfortável e a jovem idem. Sr. e Sra. Smith nada percebem, passando apenas a entender que Jon estava encabulado por conta da menina. De fato, sem dizer nada sobre o ocorrido, o jovem inicia uma discussão sobre ser obrigado a esconder seus poderes, mentido a todos, fato este que o incomoda. Clark mantêm a calma, mas com o descontrole do menino, ordena que suba e reflita sobre o que aconteceu em seu quarto.

Superpapo

Finalizando. O jovem obviamente sobe e em prantos, no meio da noite, percebe um movimento estranho. Esguio, ao olhar pela janela nota a presença do Bátemã e da MM e força a audição para entender o que está acontecendo. Entre palavras e frases soltas, entende-se que a dupla veio para alertar Superman sobre a necessidade de se observar e tomar cuidado com os poderes do moleque. Jon se descuida, faz barulho e acaba chamando a atenção da tríade, afastando-se da janela. Quando retorna, todos foram embora. No entanto, logo Superman que vale (ou não, sei lá agora) aparece em seu quarto, terminando assim a edição…

RCO019_1465978358

Como habitual, a la Jack. O lápis ficou por conta de Mick Gray e cores por John Kalisz. Em linhas gerais, o artista carrega muito nas sombras, deixando as imagens, em alguns casos, como se fossem desenhadas em um fundo preto. Neste caso, o contraste com as cores ajuda a dar mais ‘vida’, ainda que não curta muito a escuridão. Saindo deste aspecto, nas cenas mais claras, a coisa funciona melhor, salvo as expressões faciais aqui e acolá. O resultado é satisfatório, mas fica um pouco aquém da média habitual.

O roteiro de Peter J. Tomasi e Patrick Gleason parece ter sido escrito para os fãs mais velhacos do Superman ou para aqueles que esperam um personagem que evolua em sua vida pessoal. Ok, a história do filho Jon é oriunda da malfadada “Convergência”, mas deixando de lado isso, o arco é pautado basicamente na relação pai e filho, em especial o ‘como lidar com seus poderes’. O início com o encantamento do moleque e admiração pelo pai. E por fim, alguma rebeldia normal para a idade. Clark “Smith” sendo um personagem como todos esperam, sem ser o arrogante ou taciturno N52, mas sim um cara essencialmente bom.

Talvez por ter filhos e um deles nesta fase de Jon, me identifiquei demais com a história. Para um leitor mais jovem, pode parecer enfadonho e com pouca ação. Entretanto, para um velhaco como eu, vale muito a pena. Que bom ter o Superman de volta!

Nota 7,5 de 10

E a nova enquete da semana. Votem!

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1