E nos dias de hoje… Só pra poderem dizer que copiou o Capitão América!

Ainda não tem nenhuma confirmação da Warner, mas a diretora Patty Jenkins, em entrevista à Entertainment Weekly, já deu uma pista de para onde a história da princesa de Themyscira irá no próximo filme: “Ela é a Mulher-Maravilha, ela tem que ir pra América.”

Gal Gadot e Patty Jenkyns, que quase dirigiu Thor – O Mundo Sombrio (Thor: The Dark World, 2013). Mesmo perdendo para seus três predecessores do Universo DC cinematográfico – O Homem de Aço (Man of Steel, 2013), Batman Vs Superman – A Origem da Justiça (Batman v Superman: Dawn of Justice, 2016) e Esquadrão Suicida (Suicide Squad, 2016) –  em matéria de fim de semana de estreia,o longa da Mulher-Maravilha já arrecadou mais que Lanterna Verde (Green Lantern, 2011) em toda a sua passagem!

Fontes junto ao estúdio garantem que tanto Patti como Gal Gadot, intérprete da protagonista, já assinaram contrato para a sequência antes mesmo da estreia do primeiro filme. Com a bilheteria mais do que satisfatória alcançada – US$ 223 milhões no primeiro fim de semana, em todo o mundo – outro filme com a amazona tornou-se inevitável.

Nos EUA, onde a arrecadação do fim de semana foi pouco acima de cem milhões de dólares, mais de cinquenta porcento do público que prestigiou o filme da Princesa das Amazonas foi composto por mulheres e quase a metade tinha mais de 35 anos. Foi a melhor estreia de um filme dirigido por uma mulher e a sexta melhor abertura em junho em todos os tempos

Que tudo dê certo! Até porque está sendo muito engraçado ver supostos marvetes criticando o primeiro filme da DC a receber boas críticas usando exatamente os mesmos argumentos que supostos decenautas utilizaram para desancar algumas produções da Marvel!

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1