Kevin & Isaac ... poderia té ser nome de série
Kevin & Isaac … poderia até ser nome de série

Os caroços no angu na briga Marvel Entertainment e Marvel Studios…

Salve, salve cambada de Enxutos, Enxutetes e Trutas em geral (eles ainda existem por aqui?)! O desprovido de pelos no rosto nos mostrou ontem que a Marvel Studios, sob os auspícios de Kevin Feige, passará a responder diretamente ao pessoal da Disneylandia, mais precisamente ao CEO Robert Iger. O pano de fundo mencionado seriam ‘rusgas’ entre Feige e Isaac Pelmutter, conhecido como o carinha que manda na Marvel Entertainment. Até aí, parecia briga de marido e mulher, sem muitos detalhes acerca dos pObremas entre as duas partes…

Mas eis que então, uma filial obscura do BdE, Birth.Movies.Death, deu (ui) mais detalhes sobre o porquê deste auê todo. Segundo este BdE que escreve na língua de Tolkien, o Comitê Criativo da Marvel Studios, uma espécie de grupo consultor criativo formado por Joe Quesada, Michael ‘sóseiescreverhistóriadeadolescentes’ Bendis, Alan Fine e Dan Buckley, foi desfeito. O motivo? Esta rapaziada estaria ‘pitacando’ de tal forma que, por exemplo, fez Edgar Wright pedir o boné do filme sobre o Homem Formiga por conta dos bizus ‘medíocres’, preocupados com detalhes pequenos ao invés de analisar de forma mais ampla o enredo.

Recomendação do Sorg

Ainda nesta linha, como os envolvidos neste Comitê, tem diversos outros afazeres, o processo acabava se tornando lento, atrasando as iniciativas e tolhendo a criatividade dos roteiristas. Por fim, mais como uma ‘fofoca’ do que algo relacionado ao cinema, a mesma fonte diz que Isaac é contrário a existência de uma ‘ominha’ (Action Figures é muito gourmerizado) da Viúva Negra, usando como argumento que este tipo de brinquedo para menina não vende.

Não vende?

E eu com isso? Well, imagino que o tal Comitê tinha aquele papel do velho fanboy rabugento que se preocupa mais com o detalhe sobre a Mark XXYZ utilizada na Iron Man 542.1 de 1965, versão 2.1, do que propriamente colaborar com o desenrolar do enredo. Por um lado, esta mudança é boa, por conta da maior liberdade criativa e ter um enredo mais ‘livre’… bem ‘livre’ é um termo forte, digamos menos burocrático nos trâmites de aprovação. O possível lado ruim é que o poder criativo mais centralizado pode (não disse deve) trazer uma visão mais ‘personalista’ de Feige sobre o andamento do MCU, diminuindo a importância dos contrapontos e/ou correções de rumo.

Sendo objetivo, não tenho uma opinião formada. Há de se ganhar agilidade e maior liberdade criativa, talvez sendo positivo para sairmos do ‘mais do mesmo’ que os filmes da Marvel vinham se tornando. Ok, ainda é a Disney, tem uma fórmula que entre erros e acertos vem dando resultado, maaaaaaas não custa nada acreditar em uma evolução. Ou não. IVDM neutro, por enquanto.

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1