Aqui a parte 3, espero que a espera tenha valido a pena (mas eu duvido).

PROCESSO CRIATIVO DESSA TIE-IN

Tempo Presente. Casa do Polvo Aranha.

Uma estranha criatura, metade polvo e metade peixe, desfigurada e levemente defumada entra batendo à porta da casa.

Molvoe Aranha: Maldito Frogwalker, me deixou todo assado… e cheirando tão gostoso… preciso comer frutos do mar… (Veja que criatura é essa e como o Frogwalker queimou a rosca dela aqui)

A criatura levemente mal passada então é envolta numa luz e se divide em dois frutos do mar igualmente assados e deliciosos.

Moe: É tudo culpa sua, seu pedaço gordo do carne vermelha! Sabia que me fundir a um não-truta acabaria mal!

Enquanto procura uma pomada pra queimaduras, o truta com cara de menino continua a espernear.

Moe: Seu imbecil, graças a você o Frogwalker escapou e todo mundo vai saber da nossa Invasão Secreta.

Polvo Aranha: Cala a boca, seu peixe (apetitoso). Graças a mim, já temos trutas infiltrados no PdI, no Plataforma Geek e inúmeros outros sites!

Moe: Mas não conseguiu notar os Enxutos escondidos na frente da sua própria casa. Eles estavam literalmente escondidos em baixo do seu nariz (o esconderijo dos Enxutos foi invadido pelos trutas sem a ajuda do nosso caro Polvo conforme podem ver aqui)

O Polvo então senta na sua poltrona feita de couro de Aquaman e, limpando a baba causada pelo cheiro saboroso de isca de peixe.

Polvo Aranha: Você sabe a causa disso. É tudo culpa do Polvo Aranha.

Um Ano e 2 Meses (de atraso desse tie-in) Atrás. Covil do Dan Slott

Polvo Aranha está à mercê de seu pior inimigo, preso a uma estranha máquina sado-masoquista que parece ter sido projetada pelo Anubis.

Polvo Aranha: Puta merda, eu não imaginava que você conseguisse ficar ainda mais gordo, Slott. E o que aconteceu com os seus pés? Foi tentar andar e esmagou eles?

Dan Slott: Calado, seu debiloide! Eu peguei diabetes de tanto comer chocolate. Desse jeito os SJW vão cair matando aqui. E você nem imagina o que tenho planejado pra você.

 

Polvo Aranha: Você está morrendo, então vai usar esses tubos fedendo a peixe pra colocar a sua consciência no meu corpo pra continuar vivo, destruir toda a vida que eu criei e se tornar uma versão superiora de mim mesmo como vingança por falar que você é um merda e te mandar morrer enquanto discutíamos num fórum.

Dan Slott: Não… digo, mas como você descobriu?

Polvo Aranha: Só pensei “Qual a ideia mais imbecil possível pra um arco de histórias em quadrinhos. Era isso ou clones.

Dan Slott: Mas a parte que você não adivinhou é que essa máquina é tecnologia truta, e assim que a minha consciência for pro seu corpo e o meu acabar morrendo, eu vou usar a fama de ter “matado Dan Slott” pra entrar pros principais blogs de quadrinhos da internet e enche-los de trutas, para que assim meus mestres dominem o mundo. É isso ou pagar os 200 Dilmas pela locação da máquina de transfusão de mentes.

Polvo Aranha: Parabéns, conseguiu criar uma versão ainda mais merda da sua própria ideia imbecil.

Rangendo os dentes de raiva, Slott usa seus tentáculos pra se conectar a máquina masoquista e se prepara pra puxar a alavanca que inicia a transfusão de mente.

Dan Slott: Suas últimas palavras… eu até já sei o qu…

Polvo Aranha: MOOORRAAAAA SLOTT… AAAARRRRRRGGHHH!!!! QUE DELICIA!!!

Tempo Presente. Casa do Polvo Aranha.

Moe: Ainda é culpa sua, seu gordo imprestável! Você não pode simplesmente transferir sua mente pra qualquer corpo. Se as ondas mentais da vítima não forem semelhantes às suas, o corpo começa aos poucos a rejeitar sua mente e remolda-la, deixando ela mais parecida com a mente original. Isso tava escrito no contrato de aluguel da máquina!

Polvo Aranha Superior: É, agora eu sei, mas não tem problema, consegui achar um novo corpo, com uma consciência quase idêntica à minha. Até o corpo é parecido. Hoje eu inclusive consegui economizar 200 reais pra máquina!

Moe: Calma, você conseguiu achar um gordão babaca, escroto, afeminado e cheio de merda na cabeça pra transferir sua mente. Não me diga que…

Polvo Superior acena com a cabeça querendo dizer sim. Ele então se dirige a um armário, e ao abri-lo, ele tira do armário um obeso pelado, amarrado a uma cadeira de escritório de rodas, com olhos e o boca vendados.

Moe: INFERNO?!!!

Continua… ainda esse mês, eu espero!

 

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1