46534754354235475524

Enxutos, o segundo filme da Paquita já estreou na gringa e geral anda a milhão postando resenhas e mais resenhas sobre o mesmo. Então bora conferir os principais pontos levantados sobre o filme até agora.

Sem churrumelas e direto ao ponto:

  • As partes de comédia, gags e ceninhas engraçadas estão presente. Não há muita concordância a respeito disso pelas resenhas que li. Alguns dizem que as cenas são bem dosadas e na medida, sem pender para o exagero (cof cof cof HdF3 cof cof cof) e outros dizem que alguns momentos chegam a encher o saco. A dupRa de doises responsáveis por tal é Stellan Skargard e Tchuttchuca Dennings.
  • Malekith é , de longe, o pior vilão de todos os filmes da Marvel. Raso, motivação pífia e que Christopher Eccleston apresenta exatamente o mesmo personagem de G.I. Joe. O consolo (ui) é que aparentemente ele não tem muitas cenas de destaque (uma resenha pontua apenas 6 cenas solo).

– Malekith?

– Oi?

– De onde você veio?

– Da escuridão.

– E o que você quer?

– Escuridão.

– Hããã… você é o vilão, correto?

–  Sim, sou.

– E você quer apenas espalhar a escuridão?

– Pelos noves mundos.

– Mas… tipo assim, sabe, um vilão tinha que ter uma motivação melhor.

– Tipo?

– Tipo dominar os nove mundos e reinar com mão de ferro.

– Nhé. Espalhar a escuridão tá bom.

– E depois?

– Depois de que?

– De espalhar a escuridão?

– Como assim?

– O que você vai fazer depois disso?

– Hum… não sei. Acho que vou para Cancún tirar umas férias, pegar um sol….

– PORRA, que sol, caralho!!! Você vai ter ferrado com a porra da luz toda.

– Ah é. Sei não então. Ir para Cancún, pegar uma Lua então?

– putaquepariucaralhinhosvoadoresdeasas. Cara, pensa comigo: sem luz, não temos nada, muito menos o Dadá.

– Quem?

– Esquece. Mas, enfim. Sem luz, não temos como viver.

– Claro que temos. Eu tô firme e forte até hoje, com um exército e tals.

– Sim, mas, olha só…

– Ah, calaboca sua piranha. Eu tenho o aval do Kevin Feige para isso e vou espalhar a escuridão para os nove mundos, menos para Cancún que depois eu vou pra lá. E não quero conquistar nem governar nada porque isso tudo dá muito trabalho.

Enfim, segue o baile:

  • Hogun, Fandral e Vollstagg mal aparecem. Inclusive, um deles fala apenas umas duas frases.
  • Jamie Alexander é bacana, tem cenas legais e é uma ótima personagem mas é pra lá de mal aproveitada. Faora says hi!
  • Emrjidojuaoiefuiojefiojiorjc apresenta o melhor Thor de todos os filmes até agora. Ele realmente personifica toda a divindade do deus do trovão da Marvel.
  • Loki tem as melhores falas e as melhores interações com os outros personagens.
  • Por fim Alan taylor. Geral mimimiza e o consenso é mais ou menos geral que o diretor fez um bom trabalho dentro das imposições do estúdio. Os noves mundos são bem explorados, a cena de batalha (que poderia ser um completa lástima) é muito bem trabalhada, clara e crível. Incrusivis, a luta com Kurse parece ser o ponto alto da película. O diretor fez um bom trabalho com os atores, efeitos especiais e ambientação. Algumas resenhas chegam a dizer que esse é o melhor filme da Marvel depois de Homem de Ferro 1.

Oía, na real mas a minha expectativa para esse filme é a mesma de HdF 3: zero. Por mais que tente me auto convencer a mim mesmo que os filmes da Marvel são feitos para o grande público, o excesso de galhofa, gags e cenas que forçam a risada ainda me incomodam. Me dá a impressão que deixa o filme mais vazio e fútil. Mas, enfim, minha esposa e filho mais velho querem assistir no cinema e ainda ganhamos um par de ingressos para a sessão de sexta… fora o fato de ver Kat Dennings, Jamie Alexander e Natalie Portman na tela grande. Tá valendo.

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1