E novidades sobre Kingsman!

Em entrevista a um de nossos correspondentes, a Empire, Matthew Vaughn, que dirigiu Kick-Ass – Quebrando Tudo (Kick-Ass, 2010) e produziu a sequência, Kick-Ass 2 (idem, 2013), confirmou que um terceiro filme está vindo, mas pode não focar na terceira mini-série das hqs de Mark Millar e John Romita Jr. e sim saltar para a mensal lançada em 2018, que tem como protagonista Patience Lee, uma militar negra que, no Novo México, se torna a nova Kick-Ass.

Ele não confirmou que Tessa Thompson, de Thor – Ragnarok (idem, 2017), esteja cotada para o papel.

Tessa Thompson

Hit-Girl tem a possibilidade de ter não um, mas dois filmes. Vaughn contou que está trabalhando em dois argumentos diferentes, um onde ele explora a anti-heroína nos tempos atuais e outro que tenta mostrar seus primeiros dias ao lado de Big Daddy, vivido nos cinema por Nicolas Cage. Este, quase com certeza, toparia voltar ao papel. Já Chloë Grace Moretz nos últimos tempos tem demonstrado muita pouca disposição para reviver a personagem que lhe trouxe fama.

“Eu cresci, seus pervertidos!”

Ano passado, o próprio Millar disse que tinha uma ideia para um filme da Hit-Girl que faria “Kick-Ass parecer Procurando Nemo“. Se você leu a mini-série da garotinha feita pelos seus criadores… Bom, deve ter uma base sobre até onde a mente do roteirista pode chegar.

Que gracinha brincando com seu mimoso instrumento de morte…
Recomendação do Sorg

É bom lembrar que Mark Millar vendeu seu selo Millarworld para a Netflix, mas deixou de fora Kick-Ass e também Kingsman, que estão num acordo à parte com Vaughn. Aliás, no tocante a este último, o diretor e produtor disse que não apenas um terceiro filme está certo, como dois spin-offs podem ser feitos: um focado na agência Statesman (o Kingsman dos EUA, que apareceram no segundo filme) e outro que ele entregou quase nada, só o provável sub-título, The Great Game.

Dois dos Statesman. Ou, se preferirem, o quase Gambit e a eterna Tempestade (sim, porque você não lembra dela como Mulher-Gato, lembra? Lembra!? Que maldade…)

Além disso, uma série de tevê também pode sair, provavelmente em um canal de streaming (talvez a Netflix?). De minha parte, que venha tudo: Millar não é o tão decantado gênio que alguns afirmam, mas é um cara cujas histórias me divertem. Com certeza, um Stan Lee moderno (bom, se você considerar quantos dos seus personagens são cópias descaradas, visual ou conceitualmente falando, dos de outras editoras).

“Homem-Aranha, saia do caminho: eu tenho um recado do Steve Ditko para o Stan Lee!”

 

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1