Veja o preview da nova fase do Capitas.

Depois da fase polêmica e tumultuada do Capitão Hydra a Marvel volta ao Capitão América de raiz. Para isso ela traz o roteirista Mark Waid e o desenhista Chris Samnee, que já trabalharam juntos em Demolidor, para assumirem essa nova fase pós Marvel Legacy.

Demolidor mais leve e divertido. Não pode!

Mark Waid falou sobre Capitão América #696, gibi que mostrará Steve Rogers viajando ao redor dos EUA. Segundo o roteirista, a história se passará seis meses após os eventos de Império Secreto e mostrará a desconfiança do público junto ao herói, que estará em uma jornada de autoconhecimento.

Segue o preview da edição!

Bem, não é a primeira vez que o Mark Waid escreve o Capitão América. Ele assumiu o personagem duas vezes nos anos 90 e foi elogiado pelo seu trabalho, mas essa proposta para o personagem, dele indo por uma jornada de autoconhecimento pelo interior dos Estados Unidos, é a mesma da desastrosa fase escrita por J.M. Straczynski.

Mas Mark Waid é Mark Waid, né? Algo no mínimo bom deve sair daí.

  • pabloREM

    Eu acho que o próprio Capitão América já teve uma histórias dessas uns anos atrás, talvez na época que ele usou aquele uniforme do Nômade.

  • Canoa Furada

    Nada mais manjado do que botar um personagem pra rodar o país depois de uma mega saga.

    Mas gosto do estilo do Mark Waid de contar histórias.

    Essa capa do Alex Ross me fez perceber que o Capitão é só um tiozão fantasiado. Perdeu a moral, se é que algum dia teve.

  • Glaydson Melo

    Steranko continua desenhando muito bem.

  • JJota

    Bom, pelo menos o Capitão não voa, né? Livra ele do constrangedor momento em que você descobre que o Superman fará sua viagem de Auto-conhecimento… à pé!

    • Frogwalken

      Lembra uma vez que todo fodido após uma luta contra o Sexteto Sinistro, o Aranha desiste de ficar balançando na Teia.

      ” Vou voltar pra casa a pé. Dificilmente alguém se meteria a besta com o ‘ Famigerado Homem Aranha ‘ … “

      E um tiozão próximo dele pensando:

      ” Quem será esse idiota fantasiado de Homem Aranha ? “

  • JackInDaBox

    Um cara septuagenário que ainda tem necessidade de autoconhecimento.
    Mínimo bom? Tenho minhas dúvidas.

  • eu cretino

    Eu gosto dessa história do superman. Ele procurando saber suas raízes verdadeira entre as terráqueas e a kriptoniana após a desastrosa tentativa de refazer a sociedade kriptoniana foi muito interessante. Ver ele tentando entender se ele era mesmo um kriptoniano ou um terráqueo foi legal (estilo all star superman, onde ele ajudou uma pessoa. E nessa ele teve a ajuda das pessoas para se encontrar).

    • O Imatável Polvo Aranha

      Pior que sou um dos que curtiu essa fase também. O problema pra maioria é que faltou ação e porrada.

      • Inacreditavel_Neo

        Também gostei.

        E o problema dessa história foi justamente a parte da ação e porrada.

        • O Imatável Polvo Aranha

          Mas até aí, Superman – O Filme (que vale) não tinha tanta ação e porrada.

          • eu cretino

            Pra mim o filme é a história definitiva do personagem (tirando a parte que ele gira a terra ao contrário). Ela representa a derrota do herói, mostrando que não é preciso ter super poderes para derrotar o azulão. Daria um excelente final para o personagem naquela linha de história de fim.

      • T.K cabeça de vento

        Lembro que os americanos (patriotas ao extremo) ficaram revoltados, quando o Super disse, que deixaria de ser um “cidadão americano” e viraria um “cidadão do mundo.

        • O Imatável Polvo Aranha

          Tecnicamente ele sempre foi um imigrante ilegal.

          • Mr_MiracleMan_Jr

            Não. Os pais Kents fraudaram a certidão de nascimento dele, dizendo que era filho biológico. É americano mesmo.

          • O Imatável Polvo Aranha

            Ter documentos falsos só comprova ele ser um imigrante ilegal.

          • Mr_MiracleMan_Jr

            Mas vc queria que os Kents fizessem o quê??? Dessem entrada na papelada da adoção e no item “nacionalidade da criança” colocassem “veio numa nave do espaço”?
            Pelo decurso do prazo, mesmo que o FBI descobrisse a fraude, um juiz federal convalidaria a situação.
            Logo, o Super-Homem é um legítimo cidadão americano.

          • O Imatável Polvo Aranha

            Só estou dizendo que ele é imigrante ilegal.

      • eu cretino

        Mas esse que é o X da questão. Pelo fato do personagem ter mega poderes,não significa que as histórias dele tenha que ter lutas.

        • O Imatável Polvo Aranha

          O problema é que a maioria não entendeu isso.

  • O_Comentarista

    Se a Marvel voltar com o plot clássico onde herói é herói e vilão é vilão, já seria um avanço.

    • Concordo!

    • Frogwalken

      Clássico não, BÁSICO!

      ” Intrépidos e Ousados Heróis SARRANDO Pérfidos e Velhacos Vilões! “

  • O Imatável Polvo Aranha

    Mas Mark Waid é Mark Waid, né? Algo no mínimo bom deve sair

    Sinto dizer, mas não. Hoje em dia o Waid só vem feito cagada atrás de cagada (e não falo só da vida pública dele, onde ele vem se mostrando um ser humano desprezível).

    Só me consola o fato de essa HQ ser co-escrita pelo desenhista, o Chris Samnee, que fez um ótimo trabalho com os fiapos de roteiro que o Waid entregava pra ele no título da Viúva Negra (isso mesmo, o Waid agora é adepto do Marvel Way).

    • eu cretino

      O que ele vem fazendo ou falando na pf pra tá se tornando um ser humano desprezível???? Explica SAPORRA polvo…

      • O Imatável Polvo Aranha

        Vai sair um podcast no HQ Fan disso amanhã, mas hoje em dia ele fica ameaçando dar surra nas pessoas e até se juntou num complô de roteiristas pra provocar um cara até deixar ele louco só pra poder processa-lo depois.