Uncanny X-Men And The New Titans

Um encontro histórico entre as duas maiores equipes da Marvel e da DC dos anos 80!!!

Era o ano de 1982. Marvel e DC estavam no seu auge e duas equipes de super-heróis eram os destaques: X-Men e Novos Titãs.

Pela DC, Os Novos Titãs de Marv Wolfman e George Perez vinham revolucionando o mercado, fazendo sucesso entre os fãs e a crítica especializada. As histórias eram muito bem escritas e os desenhos primorosos.

Do outro lado, a Marvel vinha obtendo sucesso com os X-Men de Chris Claremont e John Byrne. Jean Grey, um dos seus personagens mais carismáticos e importantes da equipe havia se transformado na Fênix, uma entidade cósmica de poder incalculável. Corrompida, Jean se transforma na Fênix Negra, e ameaça toda a existência. Em um momento, Jean consegue voltar a si e se suicida. Uma história épica com desdobramentos que iriam abalar os X-Men nos anos vindouros.

Recomendação do Sorg

A DC e a Marvel já haviam produzido encontros entre Super-Homem e Homem-Aranha, Batman e Hulk… faltava então, promover o encontro entre equipes e daí, surgiu o encontro dos Fabulosos X-Men com Os Novos Titãs. Para essa tarefa, foram escalados Chris Claremont (argumento), Walt Simonson (arte) e Terry Austin (arte-final). Muitos fãs ficaram decepcionados, pois queriam que George Perez desenhasse a história, porém, Walt Simonson estava no auge de sua carreira e mandou muito bem na arte.

Falando da história, Darkseid em sua ânsia por poder, resolve ressuscitar a Fênix Negra. Para tanto, ele coleta resíduos psíquicos e lembranças dos X-Men e energia residual nos lugares onde a Fênix usou o seu poder.

Na Torre Titã, Ravena sonha com uma ave de fogo atacando o seu Ego Espiritual e isso alerta os Novos Titãs sobre a ameaça que paira sobre eles.

Após alguns acontecimentos, as duas equipes são capturadas por Darkseid. O vilão consegue ressuscitar a Fênix Negra.

Os heróis se libertam e passam a trabalhar juntos para tentar impedir os planos do vilão.

Ele quer transformar a terra em uma nova Apokolips e com isso, ter duas frentes de combate a Nova Gênese. Juntas, as duas equipes conseguem derrotar a Fênix Negra e Darkseid. Fim de papo.

Essa história acontece numa realidade onde os personagens do Universo Marvel e DC convivem normalmente, sem a necessidade de viagens entre mundos para que eles se encontrem. É como se todos se conhecessem ou já houvessem ouvido falar uns dos outros. Isso simplifica a história e deixa espaço para que uma boa história seja contada, sem a necessidade da criação de subterfúgios mirabolantes para explicar a presença de um no universo de outro. Finda a história, os eventos que nela aconteceram são desconsiderados e não influenciam a cronologia normal das equipes e esse “Universo Compartilhado” volta para o Dadánus.

Dada a época em que foi escrita, a história funciona muito bem. Chris Claremont soube usar bem todos os personagens e a interação entre eles foi bem-feita. Walt Simonson mandou muito bem desenhando os vários personagens envolvidos na trama. Para quem ainda não conhece, vale pelo valor histórico e pela mítica que envolvia o encontro de personagens das duas grandes editoras.

X-Men e Novos Titãs foi publicado originalmente na revista Uncanny X-Men And The New Titans em 1982 pela Marvel / DC Comics e em Grandes Heróis Marvel n° 09 pela Editora Abril em setembro de 1985.

Comentários Facebook (O DISQUS ESTÁ ATR... LOGO ABAIXO)

Comentários Disqus

BDE1