it-pennywise-movie-will-poulter

Medo define o que eu sinto sobre esse remake…

Caros camaradas, a adaptação do livro IT (conhecido aqui no Brasil como A Coisa) terá um remake em 2017, e a Warner Bros já liberou uma imagem do novo visual do palhaço Parcimonioso. Saquem só como ficou:

pennywise-ew-00054120
Dadá depois de ser possuído por Satanás

Além da imagem, eis que surge uma curiosidade que deixou todos os fãs do livro putos pra caralho: Ross e Matt Duffer, criadores do sensacional Stranger Things, chegaram á falar com Warner Bros para dirigir o remake antes de lançarem a série para o Netflix, mas o estúdio recusou a ideia dos irmãos. O irônico é que após o estrondoso sucesso do seriado, Dan Lin, produtor da refilmagem disse em uma entrevista á Collider que uma das principais inspirações para o remake é justamente o ST:

“Eu acredito que uma grande analogia, na verdade, é Stranger Things, e estamos vendo a série na Netflix agora. É uma grande homenagem ao filmes dos anos 80, seja ao clássico de Stephen King ou mesmo os filmes de Spielberg. Estamos pensando em ‘Conta Comigo’ para mostrarmos a ligação entre as crianças. Embora exista um elemento realmente assustador no Parcimonioso”. 

Além da inspiração na série,  Finn Wolfhard, o Mike de Stranger Things, estará na adaptação, que também conta no elenco Bill Skarsgard,  Jeremy Ray Taylor, Chosen Jacobs, Jack Grazer, Wyatt Oleff e Jaeden Lieberher.  Os filmes terão a direção de Andrés Muschietti, do terror “Mama”, sendo que a primeira chega aos cinemas em 8 de setembro de 2017.

finnwolfhard.w529.h352
Finn Wolfhard, o Mike do ST.

Sinceramente, essa notícia me deixou com um gosto estranho na boca. O remake já começou errado ao perder o Cary Joji Fukunaga, diretor da primeira temporada de True Detective, que se demitiu devido as alterações no roteiro. Para piorar, os direitos da refilmagem foram para a Warner Bros, estúdio responsável pela adaptação dos sete livros da Torre Negra –  saga que tem ligações com o IT-, e que num ato de extrema burrice, cagou e andou para os irmãos Duffer. O lado bom é que além do filme ser divido em duas partes, na qual primeira focará nas crianças enfrentando o palhaço pela primeira vez e o segundo mostrando os personagens já adultos, é que a censura é para 18 anos. Enfim, como fã do livro e do autor, estou realmente preocupado com o que vai sair, mas vamos ver se realmente essa inspiração no Stranger Things vai salvar o projeto.

13516344_842693279198605_6521393249002671499_n
Que o filme tenha a benção do tio King!