O prefeito do Rio quer jogar Pokémon Go.

O prefeito do Rio quer jogar Pokémon Go.
NUNCA ACHEI ANTES UMA IMAGEM TÃO PERFEITA! BWAHAHA!

Demorou, os jogos digitais serem uma modalidade olímpica.

Olá, Enxutos, que também não tem nada melhor para fazer!

O game Pokemón Go, o grande lançamento da Nintendo para smartphones, é um enorme sucesso! Tanto que em poucas horas se tornou o app mais baixado nas lojas de aplicativos dos países onde foi lançado; o jogo está quase alcançando a média de usuários ativos diários de redes sociais como o Twitter; as ações da Big N explodiram, o que já aumentou seu valor de mercado em mais de US$ 7 bilhões; e já é mais procurado na internet que pornografia! BWAHAHA!

BRINCANDO COM OUTRAS POKEBOLAS.
BRINCANDO COM OUTRAS POKEBOLAS.

Pokémon Go está disponível nos EUA, Austrália e Nova Zelândia. A Nintendo começou a lançar o jogo na Europa ontem e prometeu que ele chega em breve na Ásia. Entretanto, ainda não há previsão para a chegada dele na América Latina.

De olho nesse sucesso e com o intuito de promover a cidade olímpica, Eduardo Paes, atual prefeito do Rio de Janeiro, publicou ontem no seu Facebook um pedido para que a Nintendo lance o jogo no Brasil antes dos Jogos Olímpicos 2016, que acontecerão na capital carioca a partir do dia 5 de agosto:

SAÚDE E SEGURANÇA NÃO SÃO PRIORIDADES.
SAÚDE E SEGURANÇA SÃO POKÉMONS RAROS.

Além dessa, esse joguinho de realidade aumentada está gerando outras situações bem bizarras! Tem gente capturando Pokémon, que solta gás venenoso, em museu do holocausto; tem soldado capturando monstrinhos, enquanto combate o Estado Islâmico; teve quem já encontrou cadáver, procurando os bichinhos; a Casa Branca real é um ginásio Pokémon; ladrões estão esperando jogadores, em pontos chaves no mapa do game, para assaltá-los… enfim, a lista é longa!

Quanto a brilhante ideia, de se sair pelo Rio de Janeiro, jogando Pokémon Go, este vídeo hilário a define bem. Prestem muita atenção no refrão premonitório da música da Eliana. BWAHAHAHA!:

Ckreed

%d blogueiros gostam disto: