1

Simbora ver o que Tom Taylor aprontou desta vez na Terra 2? Clica aê e confira a Resenha Enxuta: Earth 2 #20-21…

2

Pois bem, caros Enxutos, caso queira saber o que rolou até o momento, reveja aqui a resenha anterior e se atualize sobre quem é o novo Bátemã. Sem mais delongas, aos spoilers…

3

Earth 2 #20. A hq se inicia com a Hawkgirl evadindo o refúgio do Exército Mundial com Batman, Aquawoman e a Major Sato, todos sendo perseguidos pelos parademons de Darkseid. Sobrecarregada, a Mulher Gavião não consegue escapar das criaturas e alerta os demais companheiros. Entre um pipoco nas fuças de uma das criaturas e outro, Bátemã alega também não conseguir segurar mais Sato. E aí, a Rainha dos Mares tem uma ideia. Ao avistar uma nuvem carregada, pede para a Gavião ir naquela direção. Quando se aproxima, Aquawoman se joga na bendita nuvem e faz o impensável: consegue concentrar toda a água da tempestade nos céus, afogando os parademons. Sim, isso mesmo: afogou-os no céu…

4

Segue o Baile e a Rainha decide deixar o grupo para ver os seus súditos, deixando uma concha especial com o Bátemã para convoca-la quando necessário. Os heróis, então, decidem ir para Gotham, onde encontram os demais remanescentes na batcaverna, com destaque para o Destino ainda falando poucas palavras desconexas, mas que aparentam ser visões. Enquanto isso, Superman rubro-negro toca o terror na Terra, ordenando aos parademons destruírem todos os símbolos ligados a algum tipo de religião no mundo. Somente há espaço para adorar Darkseid…

Coitado do Tom Cruise
Coitado do Tom Cruise

A edição termina com a Lois Lane/Tornado Vermelho trocando umas ideias com o kriptoniano afrodescendente que ficara preso pelo Exército Mundial por anos. A ‘mulher’ tenta reconforta-lo de sua situação, traçando um paralelo entre o fato de que ela mesmo acabar de ‘acordar’ em um corpo metálico, perder seu pai e a vida atual de Val, preso a um ‘cubículo’ e agora com todo o mundo a explorar. Sendo que este mundo agora está assolado por um Superman que a própria Lois não crê ser o seu marido…

6

Earth 2 #21. Esta edição começa em Moscou, onde o último refúgio do Exército Mundial está sendo atacado pelo Superman. Enquanto o Arqueiro reúne os remanescentes em um portal que os levará a um lugar seguro, Átomo decide enfrentar Kal El para ganhar tempo e mais soldados fugirem. Bem, mas este não é o ‘nosso’ Superman… e ele não perdoa. Após a cena abaixo, Kal El deixa Átomo ferido, jogado no chão sem o braço…

7

De volta a Batcaverna, rola um estresse por conta do curso de ação a ser tomado. Enquanto o Arqueiro quer sair e enfrentar o Super, Bátemã se estressa e ainda esculacha o Arqueiro pelo plano esdrúxulo. Logo, Tornado põe panos quentes e afirma saber que Thomas está fazendo seu melhor, mas não é o estrategista experiente que fora seu filho. No entanto, Lois confia em Bátemã e pede para dizer qual é o seu plano. Wayne pede para Jimmy tentar contato com o Exército Mundial. Corta a cena e estamos na Amazonia (uma ilha, não a floresta, a terra da Mulher Maravilha da Terra 2). Lá, o Comandante Khan atesta que tem poucos milhares em seu exército que outrora tivera milhões. Em tentativa desesperada, faz contato com Atlantis para tentar reunir as forças restantes da Terra para enfrentar Darkside. A princípio a proposta é recusada pela Aquawoman, dado que ela fora prisioneira do Exército Mundial por longo período. No entanto, a conversa é interrompida por Jimmy e assim Bátemã pode explicar o plano que tem em mente…

8

Enquanto isso, Superman continua seu reinado de terror. Nos é mostrado um projeto “Arca Espacial”, onde os mais ricos compraram passagens para construir uma mega nave para leva-los da Terra, caso houvesse novo ataque de Darkside. O caos é instalado, no melhor estilo ‘O Dia Depois de Amanhã’. Pessoas são deixadas para trás e morrem quando o propulsor da nave é acionado. Ao longe, Superman a tudo observa. Quando questionado por Beguiler se era o momento de destruir a nave, Kent diz que não. Tem um plano melhor em mente. Rapidamente voa em direção à nave e destrói a pouca resistência existente de pequenas naves de apoio. E põe em prática seu plano… com a força de suas mãos, faz a fuselagem parecer papel e abre a nave. Desta forma, segurando a nave com uma das mãos, derruba milhares de pessoas ao solo…

9

A história termina quando descobrimos que Mister Miracle também está sob o comando de Bedlam e tem a missão de ajudar a construir o portal que levará a Terra para a dimensão de Apokolips. Ainda usando seus poderes de influência e controle mental, Bedlan lê a mente de Sloan e descobre a existência do kriptoniano. Fecha a edição quando este conta a Kal-El esta notícia…

10

Comecemos as análises, a la Jack, por partes. Pouco tenho a acrescentar ao que já escrevi sobre Nicola Scott e seu trabalho. Mantem o alto nível até então desenvolvido, com bons detalhes e bem complementado pelas cores fortes de Steve Scott. É o ponto alto da hq.

E o australiano Tom Taylor vem cumprindo a missão dada pela DC. Não irei ficar remoendo como era, pois já passou e quem curtiu, curtiu. A realidade agora é outra e muito mais pautada pelo massaveísmo, buscando chocar no estilo ‘oquinho’ com o Superman maRvadão e cruel. Desconsiderando estas perversidades, o arco vem se mostrando com um ritmo bacana, criando praticamente uma ‘nova’ realidade, onde o que se passou serve como uma referência, mas pouco influencia na atualidade. Imagine uma ‘segunda’ temporada de uma série onde o rumo adotado mudou radicalmente. Basicamente é isso.

Enfim, considerando-se um grande “o que aconteceria se” não é de todo mau, afinal houve certas ‘liberdades’ criativas impensáveis para o UDC habitual. Sinceramente, preferia o enredo anterior, mais calcado em outros personagens, como o Lanterna e o Flash, além de ser mais centrado em atitudes heroicas mais clássicas. Coisa de velho, eu sei. Entretanto, dada a proposta e a realidade atual dos quadrinhos, é isto que temos para o momento. Se tiver a mente aberta e não ficar preso aos conceitos originais dos personagens, é possível se divertir… caso contrário, nem leia, pois ficará estressado.

Nota 7,0

E a enquete para escolha das 4 a serem resenhadas a partir de quinta (20/03), não se esqueçam…