Resenha Enxuta: Inumanos vs X-Men #4

Resenha Enxuta: Inumanos vs X-Men #4

Na resenha da edição anterior de Inumanos vs X-Men (aqui), vimos os Inumanos frustrarem os planos dos X-Men ao destruir a máquina que Forge construiu para absorver a Terrígena – o que leva os X-Men a redefinirem as suas estratégias e planos. Enquanto isso, os Inumanos começam a se organizar e reagir ao ataque fulminante dos Mutantes. Vamos conferira a Resenha Enxuta da quarta edição? Bora lá:

Leitor e Mosaico chegam à Ilha Muir. Mosaico diz que acha aquela ideia maluca. Leitor concorda, mas diz que eles não têm muitas opções. O plano deles consiste em Mosaico procurar o “velhote com o elmo” e Leitor enfatiza para que ele fique longe de qualquer loira ou ruiva. Corta pro Limbo: a Rainha Medusa elabora um plano, põe os Inumanos pra trabalhar e consegue sair da sua prisão, mas aí tem que encarar as hordas de demônios do Limbo. Eles trucidam os demônios. Medusa diz: “Já basta! Vamos achar alguns Mutantes.”.

De volta à Ilhar Muir, Mosaico acaba encontrando Magneto em meio a uma reunião dos X-Men. Emma mimimiza que Forge se foi e com ele a máquina devoradora de Terrígena, que ela quer ouvir mais ideias para destruir a Névoa e que eles precisam encerrar o que Ciclope começou. Vampira diz que ela parece um disco arranhado e Emma pergunta se eles podem mesmo confiar nela, já que ela trabalhou com os Inumanos no Esquadrão de Unidade dos Vingadores. Tempestade manda as duas pararem com a viadagem, pois eles já têm muito com o que se preocupar, pois com os Inumanos presos no Limbo, eles estão protegidos da retaliação imediata, mas não vão conseguir mantê-los lá para sempre. Fera 9vinho diz que Tempestade tem razão e que eles estão literalmente correndo contra o tempo até que a saturação da Terrígena na atmosfera atinja o ponto de inflexão. E completa: “Se iremos agir, tem que ser agora.”.

Magneto diz que eles não têm escolha e precisam encontrar Forge, pois ele é o único que pode encontrar uma solução a tempo. Mosaico nota que Magneto está sem o seu elmo (e perto de uma d as loiras) e por isso, precisa agir rápido. Então, enquanto os Mutantes discutem planos de ação, ele possui Magneto (QUE DELÍCIA, CARA!!!) e imediatamente coloca o elmo para se proteger de leituras telepáticas. Ele começa a vasculhar as memórias de Magneto em busca da informação de que precisa.

Magneto tenta se libertar e Mosaico perde o controle dele por milissegundos. Tempestade pergunta se ele disse algo e sem saber ao certo que responder, Mosaico diz que precisa ir ao banheiro, deixando os X-Men bolados com o modo estrando dele. Ele corre pelos corredores e Magneto tenta se libertar novamente e dessa vez, obtém sucesso e expulsa o Inumano do seu corpo. Desorientado, Mosaico cambaleia por um corredor e ao dar de cara com um grupo de Mutantes, diz: “Essa não. Loira…”. Os outros X-Men chegam e encontram Magneto caído no chão. Vampira pergunta o que houve e Magneto diz que foi um Inumano e que eles foram, comprometidos. Tempestade pergunta qual Inumano, pois eles puseram todos eles no Limbo. O Velho Logan diz que deve ser um dos novatos e que o grande plano da Emma não contava com essa. O Homem de Gelo 9vinho surge e avisa que alguém pegou um dos Pássaros Negros.  Tempestade confirma o ocorrido com a Cérebra. Magneto diz que eles estão perdendo o controle e que precisam confirmar se a Família Real continua presa. Tempestade entra em contato com Colossus, diz que os Inumanos podem estar planejando um ataque e pergunta se Raio Negro e os outros ainda estão contidos.

E corta pro Refúgio X, no Limbo: Colossus responde: “Raio Negro está. Os outros… nem tanto.” Tempestade pergunta o que tá pegando e Colossus informa que Medusa e os demais que estavam aprisionados estão livres. Ela diz que eles têm uma situação lá e pede que ele contenha a Realeza o máximo que ele puder. Os Inumanos chegam ao Refúgio X. Cristalys pergunta onde acham que estão mantendo Raio Nefro preso. Medusa responde que o Fera descreveu o lugar certa vez e tem uma boa ideia de onde possa ser: na oficina ou na escola. Medusa elimina a escola e decide vasculhar a oficina de Forge. Ela diz a Johnny que não quer ser surpreendida pelos flancos e caso haja X-men na mansão, ela manda que ele se assegure que eles fiquem por lá. Johnny fica bolado e Medusa explica que não é pra incinerar ninguém, mas só dar algo para eles considerarem, pois eles atacaram o lar deles e agora, eles temeriam pelo lar deles. Johnny cerca a mansão com uma muralha de fogo e os Inumanos decidem avançar, mas Naja pede para Medusa esperar, pois vem vindo alguém. Colossus surge do meio das chamas e pergunta qual deles será o primeiro.

Em Nova Jérsei, Inferno, Iso, Leitor e os outros Inumanos estão aguardando Mosaico chegar enquanto mimimizam o que farão com Forge. O Pássaro Negro surge e os Inumanos se preparam para lutar e impedir que levem Forge. E sabem que sai do Pássaro Negro? “Ciclope?” – diz Miss Marvel. “Outra chance.” – diz Mosaico ao sair do corpo de Ciclope. Sinapse pergunta por que Ciclope. Mosaico responde que não foi por vingança ou conspiração e sim por que ele era o único na ilha que poderia pilotar o jato. Iso pergunta o que ele descobriu. Ele responde que a Realeza está no Limbo. Iso diz que já leu sobre o lugar, mas mesmo sem saber como chegar lá ela encontrará um jeito. Mosaico diz que essa não é a parte importante e revela a treta toda da Névoa Terrígena tornar o planeta inteiro venenoso para os Mutantes.

Ele diz também que os Mutantes atacaram agora por que não tem mais tempo para outra escolha e ao menos que destruam a Névoa, ou eles deixam a Terra ou morrem. Todos ficam perplexos e mudos com essa revelação.  Depois de um tempo, Miss Marvel diz: “Galera… quem são os mocinhos?”. E com isso, chegamos ao final dessa edição.

Vámonos às analises: O roteiro de Charles Soule e Jeff Lemire continua bom, mas a ação diminuiu consideravelmente. As ideologias de cada lado estão sendo postas à prova e em algum momento, isso trará consequências para a batalha. Nota 7,0.

Na arte, tivemos os desenhos de Javier Gaarón com cores de David Curiel. Gostei do trabalho dos dois. Boas proporções corporais, expressões faciais bem-feitas e um belo trabalho do colorista. Nota 7,5.

Bem, Enxutada… taí a Resenha Enxuta de Inumanos vs X-Men #4. O que acharam dessa edição? MIMIMIzem aê nos comentários.

Eu ainda continuo interessado apesar do ritmo ter diminuído. Aconselho a leitura dos Tie ins dos X-Men, pois as histórias estão boas e se integram perfeitamente a saga principal. Acho até que o nível das revistas dos X-Men melhorou por causa dessa “saga”. Alguém anda acompanhando essas revistas teve a mesma impressão ou eu Dadáriei?

Denis, O Gruut!!!

%d blogueiros gostam disto: