Uma resenha estranha, sobre Doutor Estranho.

Uma resenha estranha, sobre Doutor Estranho.

Uma análise sem spoilers do mais recente lançamento dos Estúdios Marvel nos cinemas.

(ATENÇÃO: Use o Olho de Agamotto e comece a leitura pelo último parágrafo e continue no penúltimo, assim por diante.)

doutorestranho22julho-01

Nota: 8/10.

Finalmente a magia faz parte do Universo Marvel do cinema e ela trouxe novos ares aos filmes de heróis, já desgastados pelo tempo, mesmo ainda tendo de barganhar com o excesso de humor, o real vilão dessa história.

As mudanças nas etnias de certos personagens em relação aos quadrinhos, para tornar o filme mais diverso, não incomodam tanto. A trama e as atuações não decepcionam, apesar de que a história do vilão inicial poderia ter sido melhor desenvolvida e o ator Benedict Cumberbatch não convence muito, quando tenta ser um novo Robert Downey Jr., e com certeza ele estará em Vingadores 3, junto desse seu “irmão de pelo facial”, graças a algo que se confirmou no fim do filme. As duas cenas pós-créditos também mostram o possível vilão da continuação e confirmam que o Doutor Estranho participará do filme de outro herói da Marvel.

DOUTOR ESTRANHO VEIO PARA MUDAR O VISUAL DOS FILMES DE HERÓIS.
DOUTOR ESTRANHO VEIO PARA MUDAR RADICALMENTE O VISUAL DOS FILMES DE HERÓIS.

Por falar nisso, esses novos elementos, que Doutor Estranho introduz ao Universo Cinematográfico da Marvel, dão um aspecto visual único ao filme e, associados à ação, são um show à parte, o qual merece ser visto em 3D, IMAX, realidade virtual…, exceto chapado de drogas, pois poderia causar uma overdose e isso não seria bom. Arrisco a dizer que, devido a esses efeitos visuais caleidoscópicos, finalmente um Oscar possa vir para a Marvel e seria muito merecido. Os atores também estão muito bem caracterizados, principalmente o uniforme do Doutor Estranho, que corria o risco de ficar ridículo em live-action, tanto quanto o do Gavião-Arqueiro, mas, graças a Dormammu, isso não aconteceu nos dois casos.

Talvez esse humor exagerado tenha sido uma forma encontrada de camuflar toda a psicodelia e nerdice presentes em Doutor Estranho. Uma forma de “salvar o filme” caso houvesse uma rejeição do público, por achar muito confusas viagens através de portais e de outras dimensões, além de projeções astrais, manipulações da realidade e do tempo e as várias mortes, brilhantemente causadas por isso.

FAÇA SEU PRÓPRIO PORTAL MÍSTICO EM CASA COM ESSA MÁQUINA.
FAÇA SEU PRÓPRIO PORTAL DE TELEPORTE, EM CASA, COM ESSA RELÍQUIA MÍSTICA.

Nesse seu primeiro filme, Stephen Strange, o Doutor Estranho, também tem grandes perdas pessoais em sua origem, passa por grandes provações, durante seu curto processo de redenção, e demonstra muito humor, apesar de tudo isso. Confesso que estranhei bastante haver tantas piadas num filme com tanta desgraça acontecendo com o personagem principal, com pessoas morrendo a sua volta, inclusive ele próprio correndo risco disso, ao mesmo tempo em que precisa usar seus incríveis poderes místicos, recém-adquiridos durante uma última busca desesperada pela cura de suas mãos de neurocirurgião arrogante, danificadas num grave acidente de carro.

SÓ TENDO MUITAS VIDAS, PARA UM MAGO INEXPERIENTE NÃO MORRER EM BATALHA.
SÓ TENDO MUITAS VIDAS, PARA UM MAGO INEXPERIENTE NÃO MORRER EM BATALHA.

A Marvel tem usado a fórmula “comédia de ação” ao levar seus personagens pouco (ou nada) conhecidos do grande público para o cinema. Isso acontece sempre. Não importa se é um gênio de ego imenso, usando uma armadura tecnológica; um deus nórdico irresponsável, que foi expulso de casa pelo papai; um bando de alienígenas desajustados ou um ladrão que muda de tamanho e controla formigas. No entanto, por mais que exista um drama pessoal a ser superado e uma grande ameaça a ser derrotada, que geralmente é uma versão maligna do herói e pouco desenvolvida na história, tudo isso perde o peso e se dilui entre as piadas e a ação cheia de efeitos especiais. Talvez só Capitão América tenha fugido um pouco dessa tradição e coincidentemente possui as melhores adaptações para o cinema. Esse jeito Marvel de se fazer filmes de origem é potencializado em Doutor Estranho, afinal, o bilhão precisa continuar vindo, os tomates podres estão sendo atirados na Distinta Concorrência e o público quer sempre mais do mesmo, só que de formas diferentes.

Olá, Enxut@s, que voltariam o tempo após ver um filme ruim!

ENCONTRE ALGUÉM QUE CUIDE DE VOCÊ, FEITO ESTA CAPA CUIDA DO STEPHEN STRANGE DURANTE O FILME.
ENCONTRE ALGUÉM QUE CUIDE DE VOCÊ, FEITO ESTA CAPA CUIDA DO STEPHEN STRANGE DURANTE O FILME.

Ckreed

%d blogueiros gostam disto: