Gadot é muito amor!!!!!!!!

Foi divulgado, durante o MTV Movie & TV Awards, o último trailer do longa metragem da Mulher-Maravilha. Confira comigo no replay!

.

Bom, Gal Gadot esbanja sensualidade, sem vulgaridade, e é bonita pra valer. Ela parece entender mais do que é a heroína do que um “monte” de gente que protesta na ONU contra a mesma, segundo entrevista ao TotalFilm:

“Acho que há um atraso em entender até onde o feminismo foi. Levou um longo tempo antes de uma mulher que pode lutar ser realmente tratada como uma personagem universal. Acho que existe muito medo associado à Mulher-Maravilha. As pessoas estão tipo ‘como uma mulher pode lutar? Como uma mulher pode ser sexy e violenta ao mesmo tempo?’. Acho que realmente é o tempo que podemos parar de discutir esse aspecto e ela pode apenas ser uma personagem universal. Várias outras protagonistas femininas estão aparecendo nas telas, onde são as personagens principais, não a ‘personagem feminina’ principal. Já é hora de mostrarmos a história de uma heroína. Não estamos forçando o feminismo. O que eu quero dizer com isso, é que ninguém aparece pregando sobre igualdade e como as mulheres ou podem votar ou entrar na sala do Congresso. Não é sobre isso. É sobre a perspectiva da Diana, vindo de uma ilha, onde todos têm os mesmos direitos. Quando ela vem para para esse ‘mundo dos homens’, ela acha muito estranho que as mulheres não são tratadas da mesma forma, porque, pra ela, o gênero não é uma questão.”

O filme parece ter um enfoque fiel aos quadrinhos, na questão da origem, ainda que tenha deixado de lado a Segunda Guerra Mundial (medo de usar suásticas?) pra focar na Primeira. Além do óbvio Capitão América: O Primeiro Vingador (Captain America: The First Avenger, 2011), também tem ares de Thor: O Mundo Sombrio (Thor: The Dark World, 2013), principalmente nas cenas que se passam na Ilha Paraíso.

“Agora, sem o Snyder, acho que não tem problema sorrir…”

Bom, este filme pode ser a salvação do Universo DC no cinema! Não custa nada torcer. Que venha o dia 1° de junho!